Proposta de redução de partos e cirurgias é debatida em plenário

Publicada: 14/07/2022 às 12:31

14/7/2022

Por Aldaci de Souza/Agência de Notícias Alese

A possibilidade de redução no atendimento às pessoas que procuram o Hospital e Maternidade Santa Isabel, localizado em Aracaju, foi levada à tribuna do plenário da Assembleia Legislativa durante a Sessão Plenária na manhã desta quinta-feira, 14; no que se refere à realização de partos e cirurgias gerais.

Ao lamentar a situação pela qual passa a unidade de saúde fundada em 1900, o deputado Luciano Pimentel (PP) disse estar muito preocupado com a manutenção do Santa Isabel. “Trata-se de uma instituição centenária que traz grandes benefícios para o povo sergipano. Sabemos das dificuldades que hoje a população enfrenta com a saúde e a notícia de que haverá restrição no atendimento em virtude de uma redução proposta pela Prefeitura de Aracaju, nos traz grandes preocupações e eu espero que haja um entendimento, pois o hospital não terá condições de manter uma equipe de obstetras e de anestesistas, caso haja a redução no número de procedimentos”, diz.

Segundo o parlamentar, de 19 mil 198 atendimentos que a unidade faz para a rede municipal de saúde, a proposta é de redução para 6 mil. “O Santa Isabel realiza 293 partos cesarianos ao mês e com a redução, passaria a fazer 35 mensais. Dos 649 partos normais por mês, pela proposta, o hospital ficaria com apenas com 80 partos mensais. Das 270 cirurgias gerais por mês, podem passar a fazer 51. É preocupante para todos nós, pois a necessidade que a gente tem é de ampliar o atendimento”, ressalta.

O deputado também destacou o aniversário do Sindicato dos Bancários. “Eu fui sindicalizado por 35 anos da minha vida, participei do Sindicato dos Bancários de forma bastante atuante na minha vida profissional enquanto bancário e me congratulo com todos que fazem a entidade”, ressalta.

Foto: Jadilson Simões

 

Outras notícias para você