Projeto sobre carreira de profissionais do Fisco é abordado em pronunciamentos

Publicada: 13/07/2022 às 13:09

13/7/2022

Por Ethiene Fonseca/Agência de Notícias Alese

Na Sessão Plenária desta quarta-feira (13), vários parlamentares falaram sobre o Projeto de Lei 283/2016, que dispõe sobre a carreira única dos servidores da Secretária de Estado da Fazenda de Sergipe, a exemplo do deputado estadual Gilmar Carvalho (PL).

“Senhor presidente, senhoras e senhores deputados, eu vejo ali em um cartaz o pessoal do Fisco ‘Compromisso com o Fisco carreira única pela Lei 283/16’. Nem os deputados receberam. O que os companheiros do Fisco não receberam, os deputados não receberam. Eu soube e já fui informado oficialmente que o projeto do Governo do Estado chegou ontem. Mas não houve distribuição para os deputados ainda. Porque, regimentalmente, para os deputados, depois da leitura que foi feita aqui há poucos instantes. Nem os deputados receberam”, falou o parlamentar.

Quem também usou o espaço do Pequeno Expediente para falar sobre o tema foi o deputado estadual Iran Barbosa. (Psol). “Nós sabemos que a tarefa de arrecadação é primordial para o Estado. As condições têm que ser dadas para isso. Uma das condições é a valorização profissional de quem lida com essa máquina de arrecadação. A valorização pressupõe condições de carreira, condições de salário, regras de formação e claro também as condições de trabalho, que eu sei que faz falta, está constantemente na pauta de reivindicações da categoria. Nós estamos aqui para nos somar a essa luta e dizer que estaremos defendendo inclusive que o projeto que foi lido na manhã de hoje seja dialogado com a categoria”, defendeu o deputado estadual Iran.

O líder do Governo na Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese), deputado estadual Zezinho Sobral (PDT), aproveitou a oportunidade para tratar sobre o assunto. “Primeiro, quero dizer que conversamos com os deputados da Casa. Todos aqui têm a maior boa vontade de aprovar e de agilizar a votação do projeto de vocês. Nenhuma demora será colocada. Conversamos com o presidente, conversamos com os colegas para que na primeira votação mais ampla que tivermos em que tivermos um requerimento de urgência, a gente pede a inclusão do projeto de vocês para que ele ganhe a celeridade necessária para atender o desejo da categoria”, comentou o deputado Zezinho Sobral.

Por fim, a deputada estadual Kitty Lima (Cidadania), líder da Oposição na Alese, falou sobre o PL 283/2016. “Já quero dizer que meu gabinete está de portas abertas. A gente não leu o projeto ainda, mas imagino, pelo que foi dito, que é algo que vocês estão na expectativa. Estou às ordens, só para deixar claro que a Oposição está aberta para vocês”, finalizou.

Foto: Jadilson Simões

Outras notícias para você