O Espaço Cultural da Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese), reuniu na noite desta quarta-feira (14), artistas, escritores, estudantes, críticos da arte, profissionais da imprensa e a população de um modo geral, em torno da abertura da programação artística, que prossegue até o dia 18 de outubro.

A curadora do evento, jornalista Ilma Fontes destaca trabalhos dos artistas

A curadora do evento, jornalista Ilma Fontes destaca trabalhos dos artistas

Sob a curadoria da jornalista Ima Fontes, o evento contou com exposição de pinturas do artista Carlos Santana; apresentação de dança de Denni Ellin; lançamento do livro “Do Bunker Provinciano ao Fabulário Tropical”, de autoria do psicanalista e psicólogo Andrei Ribeiro Albuquerque; apresentação do músico Rodrigo Peninha, além de um coquetel para os participantes.

Durante a exposição, Ilma Fontes destacou os trabalhos dos artistas. “ Eu sinto que Deni Ellin não é só de Sergipe, daqui a pouco ela voa”, acredita reconhecendo a qualidade dos artistas que participam das programações do Espaço Cultural Djenal Queiroz, localizado na Alese.

“Carlos Santana despertou para as artes plásticas e deu um pulo. Ele olha pra dentro e bota pra fora as cores, a ousadia que tem dentro dele. É uma evolução que só Van Gogh teve para lidar com esse contraste”, destaca comparando-o ao artista holandês.

Pinturas de Carlos Santana foram muito elogiadas

Pinturas de Carlos Santana foram muito elogiadas

“Temos o fotógrafo formado em São Paulo, João Cobbett, que apesar de não ser sergipano, expõe suas fotografias aqui no Espaço Cultural, com um trabalho muito bonito por meio de suas fotos”, diz.

E sobre o livro de Andrei Ribeiro Albuquerque, Ilma Fontes enfatiza fazendo uma referência ao Dicionário Aurélio: “É um livro delicioso. Andrei vai buscar histórias e fatos com uma linguagem muito própria, mas que muitas vezes leva o leitor a buscar ajuda ao ‘Pai dos Burros’.

Ilma Fontes destacou ainda a atuação do músico Rodrigo Peninha.” Na música temos o Peninha, figura conhecida de quem circula os ambientes artísticos e nos próximos dias estará lançando um CD”, afirma convidando a população a não deixar de prestigiar a Exposição de Motivos Ecológicos, formada por garças de metal, feitas com material reciclável.

Ensaios

No evento, o escritor Andrei Ribeiro Albuquerque falou sobre a obra que foi lançada em maio. “Do Bunker Provinciano ao Fabulário Tropical é uma reunião de ensaios publicados no Cinform e Jornal da Cidade em 2010 até 2015. O lançamento já aconteceu em maio, mas Ilma Fontes me chamou para que eu viesse participar desse evento. O livro já está sendo vendido na Escariz, eu sou psicólogo e psicanalista, mas a temática é variada”, ressalta.

Andrei Ribeiro Albuquerque fala de sua obra

Andrei Ribeiro Albuquerque fala de sua obra

Para o diretor de Comunicação da Alese, Ferreira Filho, “a Casa do Povo tem que comportar tudo o que o povo faz e que coisa boa ter uma vez por mês, esse evento importantíssimo. Quero parabenizar o esforço de todos, não apenas dos que organizam, mas dos que participam se apresentando para a sociedade sergipana, mostrando a história da nossa cultura”.

Por Aldaci de Souza- Agência Alese de Notícias

Fotos: César de Oliveira – Agência Alese de Notícias