Por Assessoria Parlamentar
 
Na manhã da última quinta-feira, 21, durante sessão extraordinária na Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese), o deputado estadual, Rodrigo Valadares, demonstrou insatisfação a postura tomada pelo Ordem dos Advogados do Brasil em Sergipe (OAB/SE) em criar evento de tolerância e liberdade religiosa e excluir protestantes. 
 
Segundo o parlamentar, foram convidados representantes de todas as religiões e denominações para se fazerem presentes, exceto os evangélicos, o que tornou o ato contraditório. “Dia 20 de outubro, última quarta-feira, a OAB de Sergipe fez um seminário sobre tolerância e liberdade religiosa, um ato louvável, mas que se tornou contraditório pelo fato de não convidarem os protestantes/evangélicos do Estado”, disse.
 
Rodrigo Valadares disse ainda estar triste com exclusão e, aproveitando a oportunidade, levou à tribuna a nota de repúdio emitida por diversas igrejas, associações e entidades evangélicas. De acordo com ele, a tentativa foi de que a OAB se comova e repense o comportamento adotado, modificando-o. 
 
Finalizado, o deputado reiterou que é contra qualquer tipo de preconceito. “Não podemos tolerar nenhum preconceito, inclusive com a igreja protestante, e por isso deixamos aqui o nosso sentimento de tristeza quanto a essa ação”.
 
Foto: Jadilson Simões