Por Aldaci de Souza

 O diretor de Comunicação Social da Assembleia Legislativa de Sergipe, Irineu Fontes foi o entrevistado desta quinta-feira, 11, do programa de Carlos Batalha na rádio Jornal FM 91,3. Dentre os assuntos abordados, a gestão à frente do cargo e os projetos desenvolvidos pela Agência de Notícias Alese, TV Alese, além do destaque para o compromisso com a Comunicação Pública.

No cargo desde outubro de 2020, o também cantor e compositor Neu Fontes como é conhecido, disse ser um bom gestor de pessoas, já tendo atuado como secretário de Cultura e secretário adjunto do Turismo do município de Laranjeiras, além de secretário de estado da Cultura.

“A gente vem trabalhando com Luciano Bispo há muito tempo e estava atuando na Escola do Legislativo, na área da Cultura. Com a ida do então diretor Marcos Aurélio para ser candidato, eu assumi a Diretoria de Comunicação, contando com uma equipe brilhante, de alto nível e que entende muito de Jornalismo. Eu sou formado em Comunicação Social, mas entendo muito de gestão, da organização, do conceito do trabalho, mas eles são de primeiro time mesmo e a gente precisa aproveitar esse time”, enaltece.

Casa dos Iguais

Indagado pelo radialista quanto ao acesso das pessoas quanto ao funcionamento da Assembleia Legislativa, considerada a Casa do Povo, Neu deixou claro que o presidente Luciano Bispo considera a Alese como a Casa dos Iguais.

“Desde o primeiro momento que o presidente Luciano assume, é construído um conceito de Comunicação. Ele foi à Brasília e trouxe a liberação da TV Alese para funcionar como tv aberta; criou a primeira licitação para publicidade. Luciano trabalha isso muito bem. O que a gente encontra hoje é um sistema de Comunicação com TV, Agência de notícias, Rádio e produção de conteúdo para as redes sociais. A minha função desde outubro é fazer com que isso trabalhe simultaneamente como uma máquina porque a informação é única e deve alcançar um número cada vez maior de pessoas”, destaca agradecendo a confiança no seu trabalho depositada por Luciano Bispo e pelo irmão, o diretor geral da Alese, Roberto Bispo. 

Sobre os trabalhos desenvolvidos pelos parlamentares, ele disse ser preciso mostrar cada vez mais à população como funciona a Alese. “Muita gente acha que os deputados não trabalham. Não é isso que acontece; mesmo quando não têm sessões, os parlamentares trabalham nas comissões, nos gabinetes e quando não estão na Assembleia, estão trabalhando nos municípios, nas suas bases”, observa lembrando que as sessões tiveram continuidade de forma virtual mesmo com a pandemia da Covid-19.

“Em 2020 quando a pandemia teve início, a Assembleia Legislativa de Sergipe não parou suas atividades. As sessões eram virtuais e a participação sempre foi de uma média de 20 deputados que aprovaram leis. Então Luciano tem essa visão que todos são iguais e merecem a mesma forma de tratamento e todos estão ali trabalhando por uma causa que é da população sergipana. Todo o trabalho realizado foi transmitido pela TV Alese, Agência de Notícias e Rádio Senado. Nós estamos amarrando todos esses meios: a Agência de Notícias já trabalha com a TV, com boletins de notícias dentro dos jornais; temos gente da TV trabalhando com a Agência, enfim, todos integrados trabalhando pela Comunicação da Assembleia”, reitera.

Canal da TV Alese

O diretor de Comunicação anunciou que em 2021 haverá a ampliação do canal da TV Alese para todo o estado de Sergipe. “Vamos abrir licitação nos próximos meses para que esse sinal para antenas alcance todo o estado. Emissoras de televisão já nos procuraram com interesse de participar do processo licitatório e nós vamos chegar aos municípios com a TV Alese e o sinal da rádio Câmara”, explica acrescentando que o trabalho na Comunicação da Alese não se resume apenas ao plenário.

“Temos a Escola do Legislativo que tem cursos tanto para funcionários quanto para a população; temos a Companhia de Artes que trabalha com temas voltados para as leis aprovadas na Casa; temos a Procuradoria da Mulher; vários programas culturais e a gente está buscando um contato cada vez melhor com a população e mais afinado com a imprensa”, elenca.

Concurso

O primeiro concurso da Assembleia Legislativa de Sergipe, realizado na gestão do presidente Luciano Bispo também foi destacado por Neu Fontes na entrevista a Carlos Batalha.

“Temos o primeiro concurso público realizado por Luciano Bispo e já contamos na Comunicação, com vários jornalistas que chegaram para complementar o time de comunicadores”, ressalta.

Foto: Arquivo Pessoal