Por Aldaci de Souza

Lembrado em 28 de abril, o Dia Mundial em Memória das Vítimas de Acidentes e Doenças do Trabalho ganhou voz na Assembleia Legislativa de Sergipe. O Projeto de Lei nº 8131/2016, de autoria da deputada Maria Mendonça foi sancionado pelo Governo do Estado, com a finalidade de instituir o Movimento Abril Verde em Sergipe, para que sejam realizadas durante todo o mês, ações voltadas para a causa.

De acordo com dados do Observatório de Saúde e Segurança do Trabalho, em Aracaju foram registrados em 2018, mais de mil casos de acidentes de trabalho e no estado de Sergipe, foram notificados mais de 2,4 mil.

Informações da Organização Internacional do Trabalho dão conta de que mais de 2 milhões de pessoas morrem à cada ano devido a enfermidades relacionadas ao trabalho. E que à cada 15 segundos, 115 trabalhadores sofrem um acidente laboral e um trabalhador morre.

A deputada Maria Mendonça vem chamando a atenção para a importância de desenvolver políticas públicas voltadas para a redução dos índices principalmente no estado de Sergipe.

“Os dados são alarmantes e não contabilizam os acidentes e doenças que afetam os trabalhadores do setor informal. As ações do Movimento Abril Verde se destinam a fazer um alerta para o problema”, diz acrescentando ser preciso aumentar a fiscalização e conscientizar a sociedade quanto a necessidade de utilizar equipamentos de segurança visando a redução dos acidentes.

Memória

No dia 28 de abril de 1969, aconteceu a explosão de uma mina nos Estados Unidos causando a morte de 78 trabalhadores. A data foi escolhida pela Organização Internacional do Trabalho (OIT) como o Dia Mundial em Memória às Vítimas de Acidentes de Trabalho.

No Brasil, a Lei nº 11.121, de em 25 maio de 2005, instituiu o “Dia Nacional em Memória das Vítimas de Acidentes e Doenças do Trabalho”.

Foto: Divulgação Ascom