A deputada estadual Maria Mendonça (PP) demonstrou preocupação com o elevado índice de casos de microcefalia no Brasil, em sessão plenária da Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese), na manhã desta terça-feira, (17).

“Em Aracaju já são 50 casos da anomalia confirmados. E em nossa cidade Itabaiana, já são cinco casos em menos de 50 dias, na maternidade São José. Essas ocorrências nos dão grande preocupação”, afirmou.

A parlamentar citou alguns sintomas da microcefalia que já são diagnosticados no começo de vida do feto. “Retardo mental, atraso nas funções motoras, da fala, distorções faciais, nanismo, epilepsia são alguns deles que podem ser relacionados, através de estudos, com a contaminação das mães pelo Zica vírus ao bebê”, detalhou.

Maria Mendonça pediu apoio à casa legislativa e ao Governo Estadual, através da Secretaria de Estado da Saúde, que mostre procedimentos de combate à proliferação da doença. “A população pode contribuir para a melhora do quadro que aí está. Inclusive o Ministério da saúde já decretou estado de emergência. Isso é grave”, finalizou.

Por Tíffany Tavares, da Agência Alese de Notícias

Foto: César de Oliveira