Maria

A deputada estadual Maria Mendonça (PP) ocupou a Tribuna no pequeno expediente da sessão legislativa de hoje( 7), para fazer um apelo ao secretário da Saúde, Zezinho Sobral, que haja planejamento e prioridade  na distribuição dos medicamentos para os pacientes com câncer. “Várias famílias me procuraram pedindo socorro. Por isso trago a essa casa um tema tão relevante para que seja discutido e resolvido”, completou.

Segundo Maria Mendonça, o fato da saúde do Estado está na UTI, não justifica a falta dos medicamentos.  Ela afirma que os governantes precisam se sensibilizar com a dor dos pacientes, que estão com o tratamento interrompido. “Se não houver continuidade esses doentes perdem a chance de vencer o câncer e sobreviverem” revela acrescentando, que a angústia das famílias é também a dela, porque câncer é uma doença que não espera.

Maria Mendonça apela ainda para que a sociedade também reaja e a Assembleia Legislativa cobre de forma veemente a manutenção dos remédios. Ela afirma que muitos pacientes vêm a óbito porque não tem condições financeiras. Os que têm, também dependem das fórmulas que são liberadas apenas para os hospitais. Se há a interrupção, há risco para a vida. “Não podemos deixar essas pessoas à mercê de um governo que não planeja, não prioriza”, concluiu.

 

Por Glice Rosa – Agência Alese de Notícias