A deputada Maria Mendonça (PP) apelou hoje (27) ao Governo do Estado e a Prefeitura de Aracaju que deem celeridade ao processo de pagamento devido ao Hospital São José, em Aracaju. A unidade de saúde, responsável pelo atendimento de pacientes da capital e interior do Estado tem um montante a receber calculado em R$ 10 milhões, sendo R$ 7 milhões de responsabilidade do Ipesaúde e R$ 3 milhões, da Secretaria municipal de Saúde.

“A situação é gravíssima. São vidas que estão ali sendo cuidadas, mas na iminência do hospital fechar a qualquer hora por falta de condição de funcionamento. Não podemos tolerar e nem nos calar diante disso”, afirmou a parlamentar, em pronunciamento na tribuna da Assembleia Legislativa, ao implorar que os gestores cumpram esse compromisso e não atrasem mais os repasses mensais, sob pena de comprometer todo o trabalho desenvolvido pelos dirigentes do Hospital em favor da população que necessita de atendimento.

Para Maria, enquanto representante do povo, “preciso erguer a minha voz na tentativa de impedir que esse Hospital que presta tão relevante serviço ao povo, tenha o seu atendimento suspenso por conta de débito do Estado e do Município”. De acordo com a deputada, os gestores precisam ser compromissados e sensíveis.

Debate

Em seu pronunciamento, Maria defendeu a necessidade de se estabelecer um amplo debate sobre a situação da saúde pública. “Não podemos fugir desse debate, pois há problemas não só no Hospital São José, em Aracaju, mas em todo o Estado. Temos um quadro difícil e os gestores da saúde precisam passar para os deputados e para a sociedade, em geral, um panorama detalhado desse problema”, destacou.

A deputada destacou o trabalho que vem sendo desenvolvido pela nova secretária estadual de Saúde, a enfermeira Conceição Mendonça e ressaltou ser preciso dá ordem de prioridade às coisas. ”Sabemos do seu compromisso, do grau de responsabilidade com que conduz a pasta e, tenho certeza, que a saúde achará o rumo certo”, disse.

Por Assessoria parlamentar Maria Mendonça (Kátia Santana)