Manipulação de Alimentos é tema de curso ofertado na Elese

13/6/2022

Por Ethiene Fonseca/Agência de Notícias Alese

Falar em manipulação de alimentos é tratar também sobre o bem-estar e a saúde da população. Visando saber mais sobre boas práticas e técnicas para lidar com produtos alimentícios, várias pessoas compareceram nesta segunda-feira (13) ao curso ofertado na Escola do Legislativo Deputado João de Seixas Dória (Elese), que é fruto de uma parceria entre a instituição e a Fundação Municipal de Formação para o Trabalho (Fundat). A capacitação foi ministrada por Ulhiana Menezes Barbosa, nutricionista e mestra em Alimentos.

O curso ficou a cargo da nutricionista Ulhiana Menezes Barbosa

“Esse curso tem como objetivo capacitar os ambulantes quanto à manipulação dos alimentos, evitando assim o risco das doenças transmitidas pelos mesmos. A temática abordada hoje será voltada às doenças transmitidas por alimentos, questão de manipulação, bem como higiene pessoal, higienização do alimento, armazenamento, controle de qualidade para, assim, ter uma oferta adequada em qualidade dos alimentos propostos para os festejos juninos da cidade e região”, comentou a nutricionista.

De acordo com a diretora da Escola do Legislativo, Isabela Mazza, o Curso de Manipulação de Alimentos surgiu por conta da retomada dos festejos juninos, que estavam suspensos por conta das regras de prevenção à Covid-19. Com a liberação das celebrações, viu-se a necessidade de trazer essa capacitação para os trabalhadores que comercializam comidas e bebidas em festas de rua.

“Essa parceria com o Fundat a gente já tem há muitos anos e está sempre buscando realizar os melhores cursos que pode para a população em geral. Esses cursos são realmente para capacitar o trabalhador. Esse curso específico de manipulação de alimentos está acontecendo por conta dos festejos juninos, a volta do São João, com essas festas que estão acontecendo nas ruas com a presença dos ambulantes. Para poiar esses trabalhadores que estão na rua, vendendo seus produtos, a gente está dando esse curso. Como melhor servir aos seus clientes. Esse é o nosso objetivo com esse curso em parceria com a Fundat”, explicou a diretora da Elese.

Comerciantes

O empresário Douglas Leonardo Vasconcelos participou do curso

O curso atraiu a atenção de Douglas Leonardo Vasconcelos, que tem uma empresa de alimentos artesanais. Apesar de já trabalhar com produtos alimentícios há anos, o comerciante acredita que capacitações são sempre bem-vindas, pois ajudam a aprimorar a qualidade do seu trabalho. “Vim participar do curso, pois, tudo que agrega, é bom. Você nunca sabe de nada, está sempre aprendendo. Quanto mais você aprende, melhor. Você vai desempenhar melhor o seu trabalho. Aos poucos, você vai aprendendo e tendo um produto com mais qualidade, com higiene, que é o principal”, comentou.

Quem também compareceu na manhã desta segunda-feira à Elese foi Wellington Elias, que é dono de uma mercearia. Ele disse que decidiu fazer o curso pois vai participar do Forró Caju vendendo bebidas. “Então, eu vim aprender sobre manipulação de alimentos, pois tem coisas que a gente não entende. Esse conhecimento serve tanto para o dia a dia, no nosso comércio, como para o Forró Caju, trazendo mais qualidade para o serviço”, finalizou.

Fotos: Jadilson Simões

Outras notícias para você