A comemoração do Dia do Exército Brasileiro em Sergipe foi marcada nesta terça-feira, 19, por uma solenidade no 28º Batalhão de Caçadores (28BC), unidade do exército em Aracaju. Além de condecorações e várias atividades para lembrar a data, aconteceu ainda a formatura de soldados, que receberam a boina verde-oliva que representa o espírito guerreiro. As atividades foram comandadas pelo comandante do 28º Batalhão de Caçadores, coronel Marco Aurélio Küster de Paula. O presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Luciano Bispo, participou das atividades no quartel da corporação, no bairro 18 do Forte.

Luciano Bispo disse que o Exército desempenha um importante papel para o país, que vai muito além da segurança, da proteção das fronteiras. O presidente da Assembleia Legislativa lembrou a atuação das Forças Armadas em eventos de cunho social e até mesmo no socorro ás populações vítimas de desastres naturais.
O dia 19 de abril marca a primeira luta dos povos do Brasil contra a dominação holandesa, em 1648. Atualmente o país conta com três forças armadas, responsáveis pela defesa do país, e o Exército é uma delas. A corporação conta sempre com uma tropa treinada para operar em circunstâncias de guerra e de conflitos. São responsáveis pela segurança da pátria junto às fronteiras, em parceria com a Aeronáutica. O Exército também participa de campanhas sociais, leva alimentos e faz serviços de atendimento médico às localidades do país que são muito isoladas.
O ingresso no Exército é obrigatório. É necessário participar do alistamento militar, que acontece todos os anos. O serviço militar é obrigatório para os rapazes, que devem se alistar aos dezoito anos de idade. Existem vagas tanto para homens como para mulheres.
28º Batalhão de Caçadores
A unidade do Exército em Sergipe foi criada em 7 de março de 1917, com a transferência para Aracaju do 14º Batalhão de Infantaria, já com a denominação de 41º Batalhão de Caçadores. Ocupou, inicialmente, as instalações do antigo Hotel Palace, na praça General Valadão. Por transformação, o 41º Batalhão de Caçadores deu origem à 19ª Companhia de Metralhadoras Pesadas. Finalmente, em 31 de dezembro de 1921, extinguiu-se essa companhia e criou-se o 28º Batalhão de Caçadores, que passou, em 18 de janeiro de 1943, a ocupar as atuais instalações na colina do 18 do Forte.

 

Fotos Jorge Henrique