Por Assessoria Parlamentar

Sem uma reforma estrutural completa há mais de uma década e sem manutenção e cuidados, o antigo Farol de Aracaju, localizado na Praça Tenente Domingos Fontes, no bairro que é denominado em sua homenagem, Farolândia, vem causando uma péssima impressão aos moradores da localidade e aos turistas que visitam o monumento, tombado em 1995 pelo Patrimônio Histórico e Artístico de Sergipe.

Inaugurado em 1888 e desativado em 16 de julho de 1991, quando entrou em funcionamento o novo Farol de Aracaju, no bairro Coroa do Meio, o antigo Farol da capital pede socorro. Sua última reforma completa foi em 2009, quando governo do Estado e Prefeitura firmaram parceria para recuperá-lo, como também o seu entorno, onde foi construído um belo espaço de convivência. De lá para cá, foi esquecido, estando a sua estrutura física bastante deteriorada e vandalizada.

Preocupado com a atual situação do antigo Farol de Aracaju, o deputado estadual Iran Barbosa, do PT, apresentou e teve aprovada na Assembleia Legislativa do Estado de Sergipe (Alese) a Indicação nº 680/2021, que solicita ao prefeito Edvaldo Nogueira e ao presidente da Empresa Municipal de Obras e Urbanização – Emurb, Antônio Sérgio Ferrari, que seja providenciada a recuperação daquele Farol, especialmente dos elementos estruturais que o compõem, a fim de garantir a sua integridade física e arquitetônica.

“O antigo Farol é um monumento da nossa cidade e, como tal, merece toda atenção, tratamento, manutenção e conservação necessários para que mantenha a sua beleza e estrutura condizentes com a sua condição de monumento tombado. Portanto, é de importante valia para o legado cultural do nosso estado e, obviamente, para os moradores locais que o Farol esteja em suas melhores condições”, entende o parlamentar, que é, também, professor de História.

Foto: Assessoria Parlamentar