Por Stephanie Macêdo

Na Sessão Extraordinária Remota desta quinta-feira (19), o deputado estadual Iran Barbosa (PT), se pronunciou em defesa da vereadora recém-eleita, Ana Lúcia Martins.  A vereadora  é a primeira vereadora negra eleita em Joinville, e desde então  vem sofrendo  ameaça de morte e ataques racistas em Joinville, Santa Catarina.

Segundo expôs Iran, a  vereadora Ana Lúcia Martins,  eleita neste  último domingo (15) em Joinville, vem sofrendo uma série de ataques em redes sociais desde que saíram os resultados das Eleições 2020, e pelo fato de ela ser negra.  A situação começou a se agravar ainda mais após ela receber duas ameaças de morte nas redes sociais. 

Moção de Solidariedade

O deputado Iran acrescentou  em seu pronunciamento  que a futura parlamentar tem direito ao espaço legislativo, que fora conquistado democraticamente. Ele  apontou  ainda que a  vaga da vereadora Ana Lúcia foi conquistada com muita luta, com isso,  repudiou as ameaças sofridas nas redes sociais. Iran declarou que as ameaças à professora Ana Lúcia Martins  faz parte da uma política  de extermínio, defendida pelos  fascista no Brasil.

“Os nazistas desse país ameaçaram de morte a vereadora Ana Lúcia por ela ser negra! Eu sou membro da Comissão de Direitos Humanos desta Casa e quero manifestar minha repulsa a esse tipo de atitude e minha irrestrita solidariedade a ela. A professora Ana Lúcia,  foi  eleita com  muita dignidade  e contou com o  apoio dos movimentos sociais daquela  cidade”, declarou o deputado, enfatizando que irá apresentar formalmente na Assembleia Legislativa de  uma Moção de Solidariedade  em favor da  vereadora recém-eleita. “Sei que contarei  com o apoio dos colegas parlamentares, pois  sei que  essa Casa não se silenciará diante desse tipo de atitude”, concluiu Iran.

 

Foto: Jadilson Simões – Agência de Notícias