Por Assessoria Parlamentar

A Assembleia Legislativa de Sergipe concedeu nesta quinta-feira, dia 04, o Título de Cidadania Sergipana ao empresário e engenheiro Henri Armand Slezynger, fundador e presidente do Conselho da Unigel, grupo empresarial que arrendou a Fábrica de Fertilizantes Nitrogenados (Fafen), em Laranjeiras. A retomada do parque industrial representa a renovação da cadeia produtiva de fertilizantes, a potencialização da indústria sergipana e o restabelecimento dos empregos do Vale do Cotinguiba e do Japaratuba. 

“Quando um cidadão acredita nas potencialidades de uma terra (que não é a sua de origem), naturalmente é porque ele vê a força do lugar, tem o sentimento agregador e tem uma visão ampla, pensando no futuro de todas as pessoas que ali residem. Dessa forma, radiografamos o pensamento de Henri Armand Slezynger, que acreditou e arrendou a antiga Fafen para que Laranjeiras e o estado de Sergipe continuassem nos trilhos do desenvolvimento”, celebrou o deputado estadual Zezinho Sobral, autor da propositura que homenageia o empresário. 

A trajetória do presidente do conselho e fundador de uma das maiores empresas químicas do Brasil é brilhante. Henri nasceu em 26 de abril de 1936 em Antuérpia, na Bélgica, e atravessou o Atlântico aos três anos de idade e se tornou cidadão brasileiro, realizando os estudos primários e secundários no Rio de Janeiro. O mergulho na engenharia química aconteceu no Massachusetts Institute of Tecnology (MIT). Aos 30 anos fundou a Unigel, companhia que, em abril deste ano, completou 55 anos como uma das maiores petroquímicas do Brasil. Hoje, a companhia está presente em São Paulo, Bahia e Sergipe, além da forte atuação no México. Ao todo são mais de 4 mil funcionários.

Para o novo cidadão sergipano, receber o Título foi um misto de muita alegria e emoção. “Estou honrado e emocionado. Neste estado querido de Sergipe, na bela capital Aracaju e na linda Laranjeiras, encontrei carinho, fidalguia. Eu, minha família e meus amigos da Unigel estamos muito felizes com a honraria e cada vez mais responsáveis em cuidar e liderar esta magnífica fábrica. Tenho a certeza que tudo faremos para corresponder às expectativas do povo sergipano, além de atuar com muito compromisso na cadeia produtiva agrícola e ambiental”, agradeceu Henri Armand Slezynger, destacando a importância da soma de esforços de todos os técnicos do grupo.

“Cientes de nossa responsabilidade social, nosso grupo pretende implantar escolas para atender a população carente de Laranjeiras, a exemplo de uma creche e um colégio de ensino fundamental. Essa é uma das formas que temos de retribuir tanto acolhimento, amparando a quem mais precisa. Mesmo com a produção de ureia, estamos assistindo 500 pessoas de Laranjeiras e regiões próximas. É uma satisfação contribuir para fazer com que Sergipe seja um dos estados referência no agronegócio brasileiro”, complementou Slezynger. 

Participaram da solenidade o presidente da Assembleia Legislativa, Luciano Bispo, o deputado federal Laércio Oliveira, o superintendente executivo da Sedetec, Marcelo Menezes, o diretor de relações institucionais da Unigel em Sergipe, Eduardo Barreto, familiares, amigos e equipe técnica do grupo Unigel.

Relação com Unigel

A antiga unidade da Fafen Laranjeiras iniciou as operações em 1982 com o objetivo de produzir fertilizantes nitrogenados para agricultura e pecuária: ureia, sulfato de amônio, ácido nítrico, gás carbônico e hidrogênio. Em 2018, quando a Petrobras anunciou o fechamento tanto da fábrica sergipana quanto da baiana, alegando perdas no setor de fertilizantes, todos os sergipanos mostraram preocupação e, dentre os envolvidos no processo, o deputado estadual Zezinho Sobral estava presente na defesa da permanência da unidade sergipana e dos empregos dos trabalhadores. No mesmo ano, foi iniciado um movimento junto às Câmaras de Vereadores dos municípios do Vale do Cotinguiba e do Vale do Japaratuba que fizeram uma sessão conjunta com o governador Belivaldo Chagas para defender a fábrica, os empregos e os interesses de Sergipe.

Em 2019, Zezinho Sobral reafirmou o compromisso com a reabertura da Fafen, participando de diversas reuniões na Petrobras, realizando visitas à unidade, debatendo a pauta com os parlamentares sergipanos, além de fazer visitar a Assembleia da Bahia para tratar do assunto. No mesmo ano, esteve no Rio de Janeiro e testemunhou a Petrobras assinando o contrato de arrendamento das unidades da Fafen em Sergipe e da Bahia. “Foi uma honra testemunhar aquele momento, ver o resultado da nossa luta e conhecer pessoalmente o engenheiro Henri. O retorno das operações em janeiro de 2021 foi celebrado por todos os moradores do Vale do Cotinguiba e do Japaratuba, em especial de Laranjeiras, com as famílias, os trabalhadores, vereadores, prefeitos e todo o estado de Sergipe que somou conosco para não perdermos a unidade. A fábrica voltou a funcionar, renovando a esperança da geração de emprego, renda, da agricultura e do desenvolvimento para Sergipe”, recordou Zezinho Sobral, que é laranjeirense.

Em maio de 2021, a Unigel Agro iniciou a produção de fertilizantes nitrogenados em Laranjeiras no estado de Sergipe e se tornou o maior produtor de ureia no país. Sergipe passou a ter capacidade de produção anual de 650 mil toneladas de ureia, 450 mil toneladas de amônia e 320 mil toneladas de sulfato de amônio. A Unigel já gerou mais de 2 mil empregos diretos e indiretos, além dos que são gerados nas misturadoras de fertilizantes e transportadoras.  

“A Unigel produzindo é a realização de um sonho para o desenvolvimento de Laranjeiras e de Sergipe. A economia sergipana é impulsionada, se torna competitiva e os trabalhadores têm oportunidades em sua terra. É a cidadania plena através da geração de emprego. A unidade é fundamental para nossa economia na produção de fertilizantes, pois são eles que dão competitividade na agricultura familiar e no agronegócio”, comemorou Zezinho Sobral. 

Para o diretor de relações institucionais da Unigel em Sergipe, Eduardo Barreto, que acompanhou de perto todo o desenvolvimento da unidade fabril em Laranjeiras, desde o início das operações da antiga Fafen até agora. “A Fafen foi a fábrica onde nasci e cresci profissionalmente. Hoje, é gratificante ver o resultado da soma de esforços de toda a equipe para a retomada da fábrica através da Unigel. Somos gratos ao Dr. Henri por ter acreditado no agronegócio brasileiro e sergipano, sendo um agente germinador de empregos e de renda para o município de Laranjeiras e o estado de Sergipe. Parabéns ao deputado Zezinho Sobral por essa oportunidade justa e merecida em homenagear este empreendedor e pelo constante apoio dado ao agronegócio e a sua terra natal”, sintetizou.