Na manhã de hoje, 30 de maio, a deputada estadual Goretti Reis esteve reunida com a diretora administrativa do Centro de Hemoterapia de Sergipe-HEMOSE, Izabela Betânia de Araújo Dantas e com o superintendente Sérgio Costa Viana para discutir sobre a situação dos servidores da Fundaçãoque trabalham no banco de sangue de Lagarto.

Os funcionários que são cedidos foram comunicados de que em 30 dias deveriam retornar ao estado. O que causaria sérios problemas de interrupção nesses serviços ao hospital e maternidade de Lagarto.

Diante do problema, Goretti acompanhada do diretor da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares -EBSERH e superintendente do Hospital Regional de Lagarto, Valter Joviano de Santana Filho e da diretora clínica Evelin Oliveira solicitou a ampliação desse prazo. A solicitação foi atendida e os funcionários poderão continuar desenvolvendo suas atividades até que os concursados sejam treinados para assumir as funções sem prejuízo para os usuários.

Sabemos que existe um prazo para que os funcionários sejam capacitados e que vai além de 30 dias. Os 8 servidores seriam devolvidos, já que são cedidos, e a suspensão desses serviços prejudicaria e muito o funcionamento dos bancos de sangue de Lagarto. Com essa prorrogação terão o tempo adequado para a continuidade desses serviços de extrema necessidade. Agradeço a direção do Hemose que se sensibilizou e acatou nossa solicitação”, disse a parlamentar.

Por Assessoria Parlamentar