O deputado Gilson Andrade (PTC) participou na tarde de quarta-feira, 30, da Audiência Pública “Sergipe Contra o Câncer de Colo de Útero”, realizada no plenário da Assembleia Legislativa de Sergipe-Alese.

Promovida pela Comissão de Saúde da qual o parlamentar faz parte, ele acompanhou toda programação de palestras acerca do assunto, a exemplo da proferida pelo diretor técnico da Oncohematos, Dr. Nivaldo Vieira, que falou sobre a incidência do câncer em Sergipe e no Brasil; e o Direito à saúde como garantia constitucional, apresentada pelo procurador da República do Ministério Público de Sergipe, Carlos Augusto Alcântara Machado.

Ao final das exposições Gilson Andrade fez alguns questionamentos enfatizando que a saúde é um dever do Estado, no entanto, no processo de judicialização os municípios são responsabilizados. “O cidadão não vive num Estado ou num país, ele vive num município, portanto,é o ente mais frágil nesse processo de judicialização “, disse.

Gilson Andrade também falou que desde que assumiu mandato parlamentar, em 2011, a Secretaria de Estado da Saúde divulga que serão disponibilizados dois novos aparelhos de radioterapia, um no Hospital de Urgências de Sergipe-HUSE e outro no Hospital de Cirurgia, mas que até o momento isso não aconteceu.

Ele também lamentou a forma como a doença é tratada pelo poder público em Sergipe. “Quando é feito o diagnóstico de câncer no Estágio I há a possibilidade em 95% de chances de cura, mas, infelizmente 70% dos casos diagnosticados encontram-se em estágios avançados. Além disso, existe muita dificuldade para realizar o tratamento adequado, como passar por um médico especialista, realizar o diagnóstico, tratamento, passar pelo procedimento cirúrgico e também para fazer radioterapia e quimioterapia”, salientou.

Por Assessoria Parlamentar

Foto: Divulgação Ascom