Por Assessoria do Parlamentar

O deputado estadual Gilmar carvalho, durante Sessão Extraordinária Remota da Assembleia Legislativa do Estado de Sergipe, se pronunciou de forma contrária ao governo do estado precisar contrair empréstimos junto a instituições financeiras. 

Apesar da crítica, o parlamentar se posicionou a favor do Projeto de Lei Ordinária Nº 301/2020, que autoriza o Poder Executivo a contratar operação de crédito junto ao Banco do Brasil no valor de até R$ 18.170.000,00 (Dezoito milhões, cento e setenta mil reais) e que seriam obrigatoriamente aplicados na execução de recuperação asfáltica em rodovias.

Na justificativa, o governo afirmou que a rodovia precisa ser recuperada, tendo em vista o prejuízo para o tráfego de veículos.“O trecho da Rodovia SE-170 entre as cidades de Campo do Brito e Lagarto, com extensão aproximada de 28,80 km, foi implementado em 1971. Em virtude do tempo decorrido, apresenta inúmeros problemas, a exemplo da deterioração do pavimento, o que compromete o tráfego seguro dos veículos que necessitam fazer uso da via”, justifica o Poder Executivo.