Pra finalizar bem o ano, o deputado estadual e líder da bancada de oposição na Assembleia Legislativa de Sergipe, Valmir Monteiro-PSC, esteve presente na rádio Juventude Fm, Lagarto. Há entrevista concedida ao radialista Aloisio Andrade (Prefeitinho) teve como finalidade, fazer uma retrospectiva do ano de 2015 no parlamento estadual.

O deputado estadual aproveitou a oportunidade em estar frente a frente ao presidente do Lagarto F. C, para falar de sua vontade em ajudar os clubes sergipanos, em especial, o Lagarto. “Tivemos uma emenda da lei orçamentaria para o próximo ano. A emenda tinha como objetivo destinar R$200 mil reais para cada clube que disputa a primeira divisão do certame estadual. Infelizmente a emenda não passou, mais vamos continuar tentando incentivar o esporte”, frisou Valmir.

Outro assunto que mudou o semblante do líder da oposição, trata-se da inauguração do prédio do campus de medicina da Universidade Federal de Sergipe-UFS, em Lagarto. “Essa semana tivemos uma forte lembrança de Marcelo Déda (ImMemoriam), ao inaugurar o prédio da UFS. Déda foi um dos grandes amigos que deu o máximo de sua pessoa para que este sonho tornasse essa realidade boa. Sentir vontade de homenagear ele”, disse Valmir Monteiro.

O deputado Valmir Monteiro também frisou assuntos de grande relevância, a exemplo; do atual momento da segurança pública de Sergipe; considerado por ele “um dos piores”. O deputado também disse “da falta de credibilidade do Governo estadual para com o povo sergipano”, citando “o parcelamento da segunda parcela do décimo terceiro como exemplo de vexame e descaso”.

Ao falar de Lagarto, o deputado estadual foi enfático e seguro em tudo que disse. “Não vemos nada da atual administração. Queria muito saber onde estar o dinheiro de Lagarto, ou melhor, do povo de Lagarto”. Valmir ainda citou alguns serviços prestados a população lagartense, quando prefeito. “Eu era prefeito e o dinheiro dava pra tudo, reformamos escolas do município, fazíamos festas, tínhamos bolsa família, natal dos povoados, e hoje não tem nada”, disse.

Debate

O deputado estadual ainda respondeu os comentários do Secretário de Obras de Lagarto, que chegou há participar do programa via telefone. “O cidadão trazer assuntos de cunho técnico, estando desprovido de informações que solucione osproblemas diversos vividos pela população, é a prova do desgaste dessa administração. A verdade é que falta argumento para tamanho desastre administrativo”, colocou em resposta Valmir Monteiro.

O deputado Valmir Monteiro fez questão de responder o comentário do secretário de Obras de Lagarto, feito na manhã de hoje em uma emissora da cidade, onde o mesmo cita o prédio da “Indústriada Mandioca” (deixado com obras em andamento por Valmir quando gestor) como elefante branco. “O que o senhor chama de elefante branco iria gerar renda para o município. Inclusive, nós temos filmagens que mostram o irmão do prefeito retirando as telhas do local que hoje está abandonado”, colocou.

Por Ascom Paramentar Dep Valmir Monteiro – Lucas Brasil

Foto: Ascom Parlamentar