Por Ascom Parlamentar

 

Desde o mês de fevereiro do corrente no, assim que assumiu o mandato da 19ª legislatura, o Deputado Estadual Dilson de Agripino encabeça uma luta para que seja reduzido o valor do Gás em Sergipe e os seus respectivos impostos, como também que o serviço de canalização seja expandido para cidades do interior.

LUTA FOI UMA COBRANÇA DOS SEUS ELEITORES

Motivado pela classe de trabalhadores que necessita do gás, como taxistas autônomos, empresários do ramo da cerâmica e outros, o Deputado cumpriu uma agenda propositiva no primeiro semestre do seu mandato e que passou por apresentação de indicações e propostas na ALESE, discussões em reuniões com o Governo do Estado, SERGÁS e até com investidores responsáveis pela Termelétrica que está sendo construída na Barra dos Coqueiros, litoral
sergipano.

Desde quando iniciamos o nosso mandato, tenho buscado mostrar ao governo do Estado a importância da redução no valor do gás como início da retomada do crescimento para os empresários e suas empresas. Sejam eles taxistas autônomos até grandes empresas do Estado, comentou o Deputado Dilson de Agripino.

PROPOSTAS APRESENTADAS PELO DEPUTADO

Após visita a SERGÁS, ocorrida em 14 de fevereiro do corrente ano, que objetivou fortalecer o diálogo da empresa com os Deputados Estaduais, o Deputado Dilson de Agripino apresentou a indicação 43/2019 no dia 18 de fevereiro, propondo prioridade absoluta do Governo do Estado na Adoção de Políticas de Incentivo às indústrias na Expansão da Exploração e Redução do Preço do Gás, expandido para cidades do interior e reduzindo o valor para o consumidor.

REDUÇÃO DA ALÍQUOTA

Dilson de Agripino avalia como muito importante o passo dado pelo governo do Estado na última semana, ao reduzir o valor sobre a alíquota do gás. Sabemos que não é somente a redução da alíquota que a sociedade espera. Mas o primeiro passo dado pelo governo do Estado mostra sua preocupação com a retomada do crescimento neste seguimento. Agora é preciso fortalecer às forças do governo, junto a Petrobras e a SERGÁS , para que o valor seja reduzido ainda mais, causando um impacto positivo e financeiro nessas empresas, avalia o Deputado.

PREÇO É INDICADO PELA PETROBRÁS

Diferente do que muitos pensam, não é o Governo do Estado quem regulamenta o preço que deve ser passado pela SERGÁS, mas a Petrobrás. Em Sergipe, foram descobertas fontes de gás que tornarão o Estado destaque e modelo de produção para o mundo. É preciso que nós, políticos, junto com as demais autoridades do nosso Estado lutem junto a Petrobras por essa redução no valor inicial do Gás. Não é mais admissível que Sergipe seja independente na produção do gás para seu povo e os valores regulamentados pela Petrobrás ainda sejam muito altos, comentou o Deputado.

PRÓXIMAS PAUTAS EM DEFESA DA REDUÇÃO DO PREÇO

Como continuidade da luta iniciada no início do ano, o Deputado Dilson de Agripino afirma que criará uma Frente para discutir outros caminhos possíveis para redução, sem gerar impacto negativo para o Estado, como também de discussão com a Petrobrás para que os sergipanos possam sentir nos bolsos outras reduções nos valores praticados no Estado.

Assim que retornar o recesso, irei propor uma Frente com os demais Deputados Estaduais de Sergipe, inclusive convidando a Bancada Federal em Brasília, para que possamos buscar junto a Petrobrás essa redução, pois acredito que com os esforços do Governo de Sergipe na redução da alíquota, somado a redução direta da Petrobrás, nosso Estado poderá sim sentir o impacto positivo na redução do valor de gás em nosso Estado; concluiu Dilson de Agripino.