Por Luciana Botto- Rede Alese

 

O deputado estadual Dilson de Agripino (PPS) ocupou a tribuna da Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese) na manhã desta terça- feira, 18, a fim de esclarecer sobre a crise hídrica no município de Tobias Barreto.

Durante seu pronunciamento, o deputado relatou que esteve de viagem pelo Estado da Bahia nos dias 13 e 14 da semana passada, em virtude de ter sido responsabilizado pelo Ministério Público de Contas (MPC) pela crise hídrica do município de Tobias Barreto,  e que o motivo do agravamento da penúria de água no município seria a não funcionalidade do sistema de abastecimento construído em 2016, período este que o deputado estava como gestor municipal.

Em sua explanação, o deputado Dilson  disse que à época, a  ideia  era capitar recursos através da Funasa, com o objetivo de levar água encanada para vários assentamentos, a exemplo do Zumbi, Marimbondo, Belo Monte, Thiago Soares, além de povoados no município de Tobias Barreto, e que na ocasião esteve na Bahia, na empresa COELBA, localizada na cidade de Ribeira do Pombal,  a fim de orçar o fornecimento de energia aos poços.

De acordo com parlamentar, o projeto apresentado foi orçado no valor equivalente a R$ 15 milhões de reais, deixado enquanto prefeito, onde foi realizada a primeira etapa, sendo entregue à Deso no mês de julho do ano de 2016, quando já estava saindo da gestão municipal, frisou Dilson de Agripino.

Por essa razão, o parlamentar justificou sua viajem na semana passada, para poder entender o por quê de está sendo responsabilizado pela falta de água na cidade de Tobias Barreto. Na COELBA, o parlamentar registrou ata, onde a empresa se comprometeu que entregaria a energia aos poços,  para que os assentamentos pudessem bombear a água e relatou também que irá levar o documento ao Tribunal de Contas do Estado de Sergipe, com a finalidade de informar que ele não é o responsável  pela  falta de água na cidade.

Matadouros

Ainda sobre a viagem, o parlamentar aproveitou a oportunidade e visitou  o matadouro da cidade de Pombal. Segundo Dilson, desde que foi fechado os matadouros em Sergipe, deixou preocupação e reforçou-o pedindo apoio aos deputados estaduais para que não percam a vontade de continuar de lutar pela abertura dos matadouros no Estado.

Ainda na tribuna

O deputado Dilson de Agripino se solidarizou com os familiares do vigilante  Maurílio de Jesus Souza, falecido no último sábado,15. Ele que prestava serviços à Alese pela empresa terceirizada Multseg. Externou o desejo de recuperação de saúde após intervenção cirúrgica cardíaca do conselheiro Luiz Gustavo Ribeiro, pai do ex deputado estadual Gustinho Ribeiro. Ao tempo, o deputado também parabenizou os homenageados profissionais  da imprensa que receberam na tarde de ontem a Comenda do Mérito do jornalista Barrinhos, justificando sua ausência em virtude de participar da solenidade de entrega de Título Aracajuano concedido pela Câmara Municipal de Aracaju ao jogador Washington Coração Valente.

 

Foto: Jadilson Simões