A Assembleia Legislativa de Sergipe, atendendo a uma propositura dos deputados estaduais Maria Mendonça (PSDB) e Iran Barbosa (PT), promoveu uma palestra durante o Grande Expediente da sessão ordinária dessa quinta-feira (14), sobre a Campanha da Fraternidade de 2019 e o lema “Serás libertado pelo direito e pela Justiça”. A exposição foi feita pelo Padre Adriano Andrade, que veio representando o Arcebispo Metropolitano de Aracaju.

Durante sua exposição, o padre agradeceu o convite e a oportunidade de fazer a exposição. Ele justificou a ausência do Arcebispo Dom João José Costa por já ter outros compromissos previamente agendados. “Esta é uma temática fundamental para todo o País. Os bispos da Igreja devem estimular o povo de Deus à participação e promoção de políticas para fortalecer a cidadania e o bem comum”, disse, fazendo uma retrospectiva dos temas da campanha nos últimos anos.

Em seguida, o Padre Adriano Andrade pontuou a importância das políticas públicas para a sociedade em geral, na busca de uma sociedade mais justa e igualitária. “Políticas públicas são ações governamentais com participação, direta ou indiretamente, dos entres privados. São ações que correspondem a direitos assegurados pela Constituição, é escutar o grito do povo”.

“A Igreja está estimulando essa consciência nas pessoas, em promover a formação de políticas públicas, incentivando os governos. Em Nossa Senhora do Socorro, por exemplo, onde atuamos, em 2018 fomos o segundo município mais violento do País. O povo da Piabeta é carente de políticas públicas para a saúde, educação, segurança e assistência social. O povo quer mobilidade urbana e saneamento básico, cultura e lazer”, completou o religioso.

Deputados

Em aparte, o deputado Iran Barbosa agradeceu à Igreja e ao Padre por ter aceitado o convite da Alese e parabenizou a CNBB pela iniciativa do tema da Campanha da Fraternidade 2019. “Ainda estamos impactados com o tema do ano passado. É um momento muito duro para o Brasil, carente de políticas públicas, onde os direitos sociais para o povo estrão congelados. Vejo a Igreja antenada com os problemas do País”.

Já Maria Mendonça pontuou que é preciso avançar muito na questão das políticas públicas e os governantes precisam entender e valorizar as políticas sociais. “Como representantes legítimos do povo, nós deputados precisamos nos inserir mais neste contexto de buscar ideias que possam levar proposituras para que as políticas sejam implementadas e garantam a cidadania”. O deputado Samuel Carvalho (PPS) também destacou a exposição feita pelo Padre Adriano Andrade.

A Campanha

A Campanha da Fraternidade é um instrumento valioso, que serve a toda comunidade como apoio e motivação para a conversão social. Cada ano, em cada temática aprofundada, são apresentadas situações que ferem a dignidade humana, e assim a Igreja faz um apelo para que, enquanto sociedade, nos convertamos, buscando um agir mais pautado pelo evangelho.

A reflexão proposta pelo tema da CF deste ano convida-nos a compreender: “O que são políticas públicas? Como são construídas? E nós, movidos pelos valores do evangelho, que contribuição podemos dar a esse processo?”.

 

Por Habacuque Villacorte – Rede Alese

 

Foto: Jadílson Simões