Deputado fala sobre preços dos combustíveis

Publicada: 02/08/2022 às 12:03

2/8/2022

Por Aldaci de Souza/Agência de Notícias Alese

Em pronunciamento na primeira Sessão Plenária da Assembleia Legislativa de Sergipe após o retorno do recesso  parlamentar, nesta terça-feira, 2, o vice-presidente da Alese, deputado Francisco Gualberto (PSD) destacou uma liminar concedida pelo Supremo Tribunal Federal aos estados de Alagoas, Piauí, Maranhão e São Paulo, permitindo a compensação imediata das perdas do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) com a redução das alíquotas de combustíveis, energia elétrica e comunicações por meio do abatimento do pagamento das prestações das dívidas com a União.

“Nós dissemos aqui nesta Casa que tratava-se de uma política demagógica e que não atacava a questão. Agora nós estamos vendo a diminuição no preço da gasolina e do óleo diesel não. O Governo Federal está dando auxílio aos motoristas como forma de evitar que eles se mobilizem cobrando uma política que resolva a questão da alta constante dos combustíveis no Brasil”, observa.

o deputado falou ainda sobre a autonomia para que a Petrobras aumente os preços dos combustíveis.

“O arcabouço que controla a Petrobras em torno da legislação, dando autonomia para que a empresa aumente os preços a qualquer momento, não foi tocado. Trata-se de uma enganação. O Governo Federal que é o maior acionista da Petrobras acabou de receber de lucro, 31 bilhões de reais e os acionistas minoritários, próximo de 19 bilhões de reais. Quem está pagando essa conta? os estados e municípios. É uma farsa e só vamos ter uma solução concreta para que a Petrobras volte  a ter política de preços que não esgane a capacidade de viver do povo pobre, quando reconquistarmos uma empresa forte, que seja estatal, mas cumpra o papel social, sem servir de carrocel para uma política de enganação”, acredita.

Foto: Jadilson Simões

 

 

Outras notícias para você