Por Luciana Botto- Rede Alese

 

A Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese), em nome do presidente Luciano Bispo, convida a sociedade sergipana para a solenidade de Entrega da Medalha do Mérito “Radialista e Jornalista João de Menezes Barros Filhos (Barrinhos)”, que será realizada na tarde desta segunda-feira (17), a partir das 17h, em Sessão Especial no plenário Pedro Barreto de Andrade do Poder Legislativo.

A honraria vai homenagear 14 personalidades que contribuem e contribuíram com a comunicação no Estado de Sergipe. A primeira medalha entregue pelo parlamento desde a sua aprovação, através do Projeto de Resolução, datada de 29 de março de 2017, publicada no Diário Oficial nº 27.670, de 31/03/2017.

A Comissão de Cidadania e Direitos Humanos da Alese foi quem aprovou a concessão da medalha aos seguintes profissionais: Rosângela Dória; Carla Suzanne Silva e Lima; Laura Lídia Kummer; Gilvan Fontes; Rogério César Monteiro; Jozailto Lima; Fabiana Bartira; Ricardo Marques; Evandro Oliveira Noronha; Émerson Ferreira da Costa; César de Oliveira; José Cristian Góes; Euler Ferreira e Raimundo Luiz;

Histórico

A Medalha “Radialista e Jornalista João de Menezes Barros Filho (Barrinhos), foi proposta pelo presidente e deputado estadual Luciano Bispo (MDB), com a finalidade de homenagear personalidades pelo reconhecimento de sua notável contribuição ao jornalismo, à rádio – difusão, cronistas esportivos, publicitários e demais profissionais que se tenham destacado em seu trabalho na imprensa escrita, falada, televisiva, na internet, e/ ou em atividades outras que contribuam para o desenvolvimento dessas áreas.

A medalha recebe a titularidade em aclamação ao profissional Barrinhos, que teve a sua trajetória profissional marcada pelo jornalismo ético e isento, sempre empenhado em defender a verdade e a democracia.

João de Menezes Barros Filho, pertenceu a uma geração privilegiada, que foi testemunha e personagem do processo de profissionalização do jornalismo sergipano. O senso de responsabilidade do nobre jornalista e radialista deve ser um espelho para todos na Imprensa.

Logo cedo, Barrinhos despertou para as artes e a imprensa. Jornalista e radialista, dedicou sua vida inteira às lides jornalísticas e radiofônicas sergipanas, sendo um dos mais conhecidos e laureados colunistas sociais de Sergipe e do Norte/Nordeste.

Nas artes, foi um dos fundadores da ASCASE (Associação Cultural e Artística de Sergipe), entidade artística que produzia a realização de peças teatrais, shows musicais com artistas sergipanos. Criou, incentivou e participou intensamente do Concurso de Poesia Falada do Norte/Nordeste.

Como carnavalesco, fundou o Bloco dos Artistas, que depois foi ampliado, passando a realizar o tradicional BAILE DOS ARTISTAS- famoso baile pré-carnavalesco, que reunia artistas, jornalistas, radialistas e a sociedade sergipana, por mais de 15 anos. Era colaborador e participante ativo da Escola de Samba “IMPÉRIO DO MORRO”, do saudoso babalorixá “LÊ”, do Bairro Cirurgia. Barrinhos não carregava somente sentimentos de artes, alegria e festas. Com seu espírito solidário, no início dos anos 90, fundou e manteve por muitos anos a ”AÇÃO SOLIDÁRIA SANTO ANTÔNIO”, entidade filantrópica e social, sem fins lucrativos, dedicando-se aos mais carentes; localizada no bairro BARREIROS, próxima à Universidade Federal de Sergipe, no município de São Cristóvão, onde foi morar e onde faleceu.

Faleceu sem deixar bens materiais, mas, deixou uma história de vida, recheada de competência, honestidade, cultura, solidariedade e alegria. Porque, segundo ele ‘BRILHAR É O AXIAL”! Assim, teve sua participação na TV Sergipana, TV Atalaia Canal 8, por mais de duas décadas, na função de locutor-apresentador.

Pelos motivos acima expostos, proponho que a Medalha JOÃO DE MENEZES BARROS FILHO (BARRINHOS), cuja criação ora submetemos à apreciação dos nobres colegas, seja um dos símbolos da imortalidade da sua memória.