Congresso Nacional debaterá regulamentação da profissão de gari e margarida

Publicada: 13/07/2022 às 12:25

13/7/2022

Por Wênia Bandeira/Agência de Notícias Alese

A tramitação do Projeto de Lei Nº 3253/19 no Congresso Nacional foi tema de discurso durante o pequeno expediente. O PL regulamenta a profissão de agentes de coleta de resíduos, de limpeza e de conservação de áreas públicas, que são conhecidos como garis e margaridas. 

O deputado Iran Barbosa (Psol) destacou a importância do projeto no reconhecimento destes profissionais essenciais para a organização das cidades. O documento já foi debatido e aprovado na Comissão de Assuntos Sociais do Senado e seguirá para a Câmara Federal. 

O PL fixa o piso salarial em R$ 1.850, estabelece a jornada de trabalho de 36 horas semanais e detalha as exigências para ingresso na carreira. As discussões foram iniciadas em 2009 e podem terminar ainda este ano.

“É a valorização profissional que pressupõe condições de carreira, de salário, de jornada de trabalho, e pressupõe também que você seja reconhecido como profissional. Eu quero fazer um apelo porque esse projeto ainda irá para debate na Câmara Federal, para que nós possamos ter a bancada de Sergipe atuando nesse sentido e que nós possamos ter a aprovação”, afirmou o parlamentar.

As declarações ocorreram durante a sessão plenária da Assembleia Legislativa de Sergipe.

Foto: Prefeitura de Aracaju

Outras notícias para você