Assembleia e UFS definem parceria para divulgar conhecimento científico

Por Ethiene Fonseca

Com objetivo de promover a divulgação do conhecimento científico produzido pela Universidade Federal de Sergipe (UFS), foi realizada nesta quarta-feira (12) reunião para ajustar os detalhes de uma parceria entre a instituição e a Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese). A iniciativa faz parte das ações do Plano de Desenvolvimento do Estado (PDES), projeto realizado pela Alese voltado à promoção do crescimento de Sergipe, com foco na Economia.

Irineu Fontes ressaltou a parceria com a UFS

Essa parceria entre as instituições segue uma orientação do presidente da Assembleia Legislativa de Sergipe, deputado estadual Luciano Bispo, que esteve em dezembro do ano passado na UFS para propor a promoção das atividades desenvolvidas pelos professores e demais pesquisadores da Universidade nas áreas de pesquisa, extensão e desenvolvimento tecnológico. De acordo com o diretor de Comunicação da Alese, Irineu Fontes, a ideia é que inicialmente seja produzido um programa sobre pesquisa e inovação pela TV Alese, reforçando o compromisso da emissora com a população sergipana.

“Temos inicialmente um programa que vai ser uma parceria entre a UFS e a Alese para a televisão. Além disso, temos sistemas de qualificação da informação jornalística que a universidade criou e vamos implementar dentro da Assembleia. Temos também uma proposta de trazermos alunos do curso de Comunicação para um intercâmbio de produção de trabalhos, com a concretização entre a teoria e a prática. Esse é um termo de cooperação guarda-chuva com vários projetos dentro. Essa foi a primeira reunião junto com a Comunicação da UFS. Estamos com grande expectativas de trabalho para esse ano”, complementou o diretor.

PDES

Marcelo Barberino: “Necessidade de modernização do estado”

O coordenador do Plano de Desenvolvimento de Sergipe, Marcelo Barberino, explica que essa parceria entre as instituições faz parte do estudo, que, entre outros temas, traz apontamentos sobre a necessidade de modernização do estado no que se refere à inclusão digital e às novas tecnologias. Ele destaca que nessa primeira reunião foram realizadas algumas considerações iniciais que servirão de base para a criação de produtos de comunicação voltados ao conhecimento científico.

“Essa parceria está nascendo para que a gente possa dar publicidade e visibilidade a tudo que a academia constrói e desenvolve principalmente nos setores de startups, de ciência e tecnologia. Basicamente essa construção está acontecendo como uma deflagração do Plano de Desenvolvimento, que trata sobre isso, sobre a questão da transformação digital, do plano de governança. Esse é mais um braço do Plano. Agora, a UFS vai levar essa proposta e pensar quais projetos serão desenvolvidos para começarmos esse alinhamento”, explica Barberino.

Fernando Carvalho destacou o potencial da UFS

Ainda sobre o Plano de Desenvolvimento, o assessor especial da Alese, Fernando Carvalho, destaca que a Universidade Federal de Sergipe tem um grande potencial de contribuir com os empresários e produtores locais através do conhecimento científico decorrente das pesquisas realizadas pela instituição. Ele cita o exemplo da tecnologia desenvolvida pela UFS relacionada ao leite sem lactose, algo que pode impactar a vida dos produtores do Alto Sertão sergipano.

“A ideia não é só dar publicidade ao que tem sido feito na Universidade em termos de pesquisa e desenvolvimento, mas criar um link entre a Assembleia, a Universidade e a sociedade. Essas pesquisas já são produtos que podem mudar a vida das pessoas. A ideia é levar isso cada vez mais longe. Por exemplo, a questão do leite sem lactose, a universidade tem essa expertise. O objetivo é levar isso para o Alto Sertão sergipano, para que o agricultor possa melhorar sua produção, o valor agregado do seu produto. Ou seja, é criar um link e cada vez mais fomentar o desenvolvimento do nosso estado”, complementa o assessor especial.

UFS

Maíra Bittencourt: “Parceria importante na divulgação do conhecimento científico”

A diretora de Comunicação da UFS, Maíra Bittencourt, realça que a reunião de hoje foi um pontapé inicial. A gestora informa que, no encontro, foram discutidas várias questões, como as temáticas dos programas a serem produzidos, reforçando a importância da comunicação para a divulgação do conhecimento científico. “É o início de uma parceria que vai gerar alguns programas, uma parceria entre a TV da universidade e a TV Alese, para que a gente possa transformar em audiovisual essas pesquisas, os resultados desses projetos desenvolvidos na Universidade”, explica a diretora.

A iniciativa da Assembleia Legislativa de Sergipe foi elogiada pelo coordenador da TV UFS e da Rádio UFS, Marcos Cardoso. Ele defende ser importante a realização da divulgação do conhecimento científico produzido pela Universidade. “Temos o nosso próprio sistema de comunicação que já faz esse trabalho, além da divulgação que os próprios pesquisadores e professores fazem em seus canais, mas estamos ampliando com essa parceria com a TV Alese. Isso é fundamental, pois o conhecimento vai chegar de uma forma mais abrangente à população”, finaliza.

Marcos Cardoso, coordenador da TV e da Rádio UFS

Participaram da reunião o diretor de Comunicação da Assembleia Legislativa de Sergipe, Irineu Fontes; o coordenador Especial de Conteúdo da TV Alese, Dida Araújo; o coordenador do PDES, Marcelo Barberino; o assessor especial da Assembleia, Fernando Carvalho; a diretora de Comunicação da UFS, Maíra Bittencourt; o coordenador da TV UFS e da Rádio UFS, Marcos Cardoso e as jornalistas da Assembleia Legislativa de Sergipe, Clécia Carla Silva, coordenadora da Agência de Notícias Alese e Fernanda Queiroz, assessora da Diretoria de Comunicação. 

Fotos: Jadilson Simões

Outras notícias para você