Aplausos e poesia marcam sepultamento de Fernando Prado Leite

Emoção e reconhecimento marcaram a despedida do ex-deputado estadual e presidente da Assembleia Legislativa de Sergipe, Fernando Prado Leite, 84 no final da tarde deste domingo, 18, no Cemitério Colina da Saudade. Aplausos e uma poesia escrita pelo neto Gabriel Leite, finalizaram a cerimônia que iniciou às 8h com o velório no hall da Alese.

Ivan Leite falou sobre a alegria do tio. Foto: Agência Alese de Notícias

Ivan Leite falou sobre a alegria do tio. Foto: Agência Alese de Notícias

No cemitério, o sobrinho Ivan Leite (ex-prefeito de Estância), falou da felicidade que transbordava no tio Fernando Leite. “Tio Fernando é especial e deixou para a sua família exemplo de generosidade; exemplo de amor ao próximo, de que vale à pena a busca da felicidade; a felicidade fazendo o bem e sendo feliz no dia a dia. Esse era o tio Fernando”, destaca.

Um dos filhos, Otávio Leite (deputado federal pelo Rio de Janeiro), fez um discurso no velório exaltando as qualidades do pai e no cemitério conversou com a reportagem da Agência Alese de Notícias.

 

“Meu pai era um homem incapaz de fazer mal, queria sempre o melhor para as pessoas, humano ao extremo. Nós perdemos um pai; amigos perderam uma figura formidável; Sergipe perdeu um grande filho e o país um grande brasileiro. É com muita tristeza mas fica um legado de que a natureza humana é possível de produzir uma existência que compartilhe sempre o bem querer das pessoas, a humildade, o respeito”, ressalta.

Fernando Prado Leite presente na galeria da Alese

Fernando Prado Leite presente na galeria da Alese

Otávio Leite lembrou que o ex-deputado Fernando Leite era um homem à frente do seu tempo. “Ele sempre estava querendo o melhor para Sergipe, para o Brasil. Tinha a capacidade de não se contentar com o que existe, sempre olhando para frente, para o horizonte, para o futuro. Meu pai era um homem à frente do seu tempo”, enfatiza.

Fernando Prado Leite estava internado há uma semana em um hospital de Aracaju, tendo falecido na madrugada do domingo (18). Foi secretário, deputado estadual, presidente da Assembleia, tendo assumido o Governo do Estado em algumas ocasiões.

“Poesia com Leite”

 

 

No sepultamento, foi lida a Poesia com Leite, escrita na manhã do domingo, pelo neto, o publicitário Gabriel Leite, filho de Fernando Leite e de Del Alencar.

“Fez mais rir do que chorar
Era uma pessoa do bem, difícil de encontrar.
Minha vó escolheu bem e por isso estou aqui pra contar.

Ao final de todo discurso ele compartilhava alegria: “Que baile e que cante Los Mariachis!!!”, sempre dizia.

Na barão de maruim, lembro dele sentado no banquinho,
Lendo seu jornal, brincando com a gente e ouvindo os passarinhos.

Adorava futebol, era Flamengo e Confiança.
E mesmo o time perdendo, ele não perdia a esperança.

Era uma pessoa de se admirar, impossível não gostar.
Não falava mal de ninguém e fazia questão de amenizar.

Para muitos Fernando Prado Leite, para outros Dr.Fernando, ou apenas Fernando, o Brasa.
Pra mim, era só meu avô… que muito nos ensinou e que quem o conheceu, amou.

Seu legado, sua história e seus bordões…
Estará pra sempre marcado em nossos corações”.

Por Aldaci de Souza – Agência Alese de Notícias

 

Outras notícias para você