Alese destaca leis em fortalecimento ao turismo sergipano

Publicada: 27/09/2022 às 12:09

Por Shis Vitória/Agência de Notícias Alese*

O Dia Mundial do Turismo e do Turismólogo são comemorados na mesma data: 27 de setembro. Instituído pela Organização Mundial do Turismo – OMT, que pertence ao Sistema das Nações Unidas, ela coincide com um marco fundamental para o ramo do Turismo: o aniversário da adoção dos Estatutos da OMT, que ocorreu em 27 de setembro de 1970. O principal objetivo é promover a conscientização do público e autoridades sobre a importância da atividade turística e seus valores culturais, políticos, econômicos e sociais. Afinal, o Turismo tem papel essencial na conservação de espaços e monumentos históricos, além de contribuir ativamente com a saúde econômica das nações.Com o intuito de reconhecer e homenagear o segmento local, a Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese) aprovou e a administração estadual sancionou algumas proposituras em alusão ao tema:

A turismóloga, Laura Almeida. Foto: Arquivo Pessoal

  •  A Lei Nº 8.707/2020 institui o “Dia Estadual do Turismólogo”, no âmbito do Estado de Sergipe, a ser comemorado, anualmente, no dia 27 de setembro. A comemoração de que trata esta Lei passa a integrar o Calendário Oficial de Eventos;
  • A Lei Nº 8.694/2020 institui a “Semana do Turismo” no Estado de Sergipe e dá providências correlatas a ser realizada, anualmente, na última semana do mês de setembro. Baseando-se na regulamentação da atividade;
  • A Lei Nº 8.373/2017 dispõe sobre o exercício da atividade de ‘Guia de Turismo’ no Estado de Sergipe e dá providências correlatas;
  • Propositura Nº 8.357/2017 dispõe sobre a instituição de diretrizes na consolidação do Turismo Religioso no Estado de Sergipe;

De acordo com a turismóloga e coordenadora do Curso de Turismo da Universidade Federal de Sergipe (UFS), Laura Almeida, as ações comemorativas são norteadas pela temática central da OMT. “O tema apresentado para este ano é muito pertinente, pois tem como foco o repensar na ideia de avaliarmos as práticas efetuadas em cima de visões que envolvam a sustentabilidade, por exemplo, sendo essa uma proposta do nosso curso no sentido da resiliência após o período crítico da pandemia. Outro ponto importante é a forma que o setor está se preparando para retomar os trabalhos e o que vem pensando em relação a isso. Desde o último o sábado estamos desenvolvendo a Semana do Turismo na UFS com uma série de projetos e um deles foi o roteiro das Tototós, trabalhando em cima do imaginário desta embarcação pelo Rio Sergipe (perspectiva da inclusão desse modal, discutir a erradicação e o seu papel como patrimônio cultural)”.

A guia de Turismo, Kim Moura, comemora o reconhecimento da atividade. Foto: Arquivo Pessoal

Laura Almeida destacou ainda o reconhecimento estadual voltado aos turismólogos. “Termos uma data regulamentada a nível estadual fortalece o setor com o objetivo de consolidar a atuação do profissional no mercado de trabalho. Vale ressaltar também que aumenta a responsabilidade da categoria contribuindo no seu crescimento”, disse.   

Para a guia de turismo, Kim Moura, a valorização do profissional se tornou uma grande conquista. “Há cinco anos a Lei 8.373, homologada em 20 de dezembro de 2017, autorizou o exercício da atividade do guia de turismo no Estado de Sergipe e foi uma grande vitória para os que lutavam pela regularização, ou seja, trata-se de uma das atividades que mais movimentam a cadeia turística. O cenário atual é que em todas as excursões que chegam ao nosso território é exigido a presença do guia de turismo, assim como as que saem daqui para outros destinos. Claro, temos muito ainda para avançar porém, não há como não enfatizar esse item e no Dia Mundial do Turismo parabenizo todos os atores que compõem este setor tão desafiador e fascinante”, acrescentou. 

Repensar o Turismo

“Repensar o turismo”. Este é o tema central das celebrações neste ano pelo Dia Internacional do Turismo pautado em repensar o crescimento do setor, tanto em termos de abrangência e importância.  

“O potencial do turismo é enorme e temos a responsabilidade compartilhada de garantir sua plena materialização. Por ocasião do Dia do Mundial do Turismo, a OMT convoca a todos, desde os trabalhadores do setor turístico até os próprios turistas, bem como pequenas empresas, grandes corporações e governos para refletir e repensar o que fazemos e como fazemos”, argumentou o secretário-geral da OMT, Zurab Pololikashvili.

Com informações do Educa+ Brasil e Mercado & Eventos (Portal Brasileiro do Turismo)

 

*Matéria editada às 10h30 

Foto Capa: Calendarr Brasil

 

Outras notícias para você