Por Aldaci de Souza

O deputado Adailton Martins (PSD) ocupou a tribuna na sessão da Assembleia Legislativa na manhã desta terça-feira, 20 para falar sobre a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) proposta pelo senador Alessandro Vieira (Cidadania), com a finalidade de verificar os gastos públicos durante a pandemia da Covid-19. No discurso, ele deixou claro que é contrário às investigações nos estados e municípios. 

“À priori a CPI foi criada para verificar a omissão do Governo Federal e a omissão quanto ao enfrentamento à Covid-19 e não para ver contas porque isso fica com o Tribunal de Contas da União (TCU) e a Controladoria Geral da União, que são muitos rigorosos quanto aos recursos federais destinados aos estados e municípios. Vejo que está havendo aqui uma retaliação por parte da oposição aos gestores sergipanos, por isso acho desnecessária a criação de uma CPI em Sergipe”, entende.

Adailton Martins afirmou que o Governo Federal foi omisso na pandemia. “A CPI está sendo criada para ver a irreponsabilidade do Governo Federal no enfrentamento à Covid; um governo omisso, que brincou com o número de mortes em todo o país. Não vou assinar essa CPI aqui, pois o que precisamos nesse momento tão difícil é unir forças, é lutar para chegar cada vez mais vacinas para os sergipanos”, acredita.

Foto: Joel Luiz