Por Aldaci de Souza

O Ministério da Educação (MEC) divulgou na última sexta-feira, 16, o resultado do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), programa do Governo Federal que distribui vagas em universidades públicas (federais, estaduais e municipais) e nos institutos federais de educação. Em Sergipe, foram aprovados na primeira chamada do Sisu, 1.087 alunos das escolas públicas para a Universidade Federal (UFS).

Para o líder do Governo na Assembleia Legislativa de Sergipe, deputado Zezinho Sobral (Pode), a notícia é para ser muito comemorada, principalmente nesse momento de dificuldades advindos da pandemia da Covid-19.

“Boas notícias sempre são bem-vindas para alegrar o nosso coração. Estão de parabéns os estudantes sergipanos aprovados no Enem e na primeira chamada do Sisu, que deram um show conquistando vagas na Universidade Federal de Sergipe e em outras instituições públicas em todo o país”, destaca.

Pré-Uni

Mesmo na pandemia, os alunos do Pré-Universitário da Secretaria de Estado da Educação e Cultura, o Pré-Uni, se saíram muito bem, conquistando vagas em vários cursos, a exemplo de Medicina, Enfermagem, Educação Física, Psicologia, Teatro, Relações Internacionais, Engenharia Florestal, Engenharia Ambiental, Engenharia Civil, Engenharia Agronômica, Engenharia de Alimentos, Ciências Biológicas, Direito, Física, Matemática, Geografia, História, Letras, Pedagogia e Serviço Social

De acordo com informações da Seed, o Pré-Universitário ministra aulas, simulados, revisões, além de disponibilizar cadernos de estudo para os alunos durante a pandemia. Para os alunos que não tínham acesso à Internet nos 42 polos, o Programa disponibilizou os conteúdos através da Aperipê AM 360.

Tempo Integral

A Seed informou também que os alunos do Ensino Médio em Tempo Integral vêm conseguindo um avanço crescente tanto no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), quanto no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Além das disciplinas da base curricular, esses estudantes tem matérias como Projeto de Vida, Práticas Experimentais, Estudo Orientado e Eletivas.

“Foi um ano muito difícil e estamos colhendo resultados fantásticos graças ao empenho dos estudantes, professores e seus familiares que superaram as dificuldades que tivemos nesse ano de pandemia. Tivemos que vencer o desânimo que se abateu sobre todos nós; começamos com uma campanha de inscrição no Sisu e tivemos um aumento de 20% em relação ao número do ano anterior. Todos estão de parabéns”, ressaltou o secretário de estado da Educação, Desporto e Cultura (Seduc), Josué Modesto dos Passos Subrinho.

Foto: Divulgação Seduc