Por Assessoria Parlamentar

A CPI da Covid que investigará a aplicação dos recursos federais pelo Governo de Sergipe às iniciativas de combate à pandemia do coronavírus, além da gestão da crise sanitária em todo o estado, foi protocolada na Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese) na manhã desta quinta-feira, 14. Líder da oposição, a deputada estadual Kitty Lima (Cidadania), afirma que a comissão promete passar um pente fino nos contratos firmados pela gestão do governador Belivaldo Chagas e do prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira, em relação a contratação de serviços, mão-de-obra e aquisição de equipamento para a assistência à população sergipana, trazendo à tona a verdade acerca das supostas denúncias de omissões e irregularidades cometidas pelos gestores ocorridas durante a pandemia.

Kitty Lima lembra que foram meses dialogando com os demais deputados estaduais a fim de conscientizar sobre a importância da instauração da comissão com o objetivo de obter o número mínimo de assinaturas para protocolar a CPI da Covid na Alese.

A deputada explica ainda que, a partir de agora, o foco será buscar a fundo as respostas para os inúmeros questionamentos que surgiram desde o início da pandemia sobre a gestão da crise, inclusive sobre a fiasca negociação com o Consórcio Nordeste onde o Governo de Sergipe destinou milhões de reais para compra de respiradores mecânicos para UTI a pacientes vítimas da Covid e nunca recebeu uma máquina sequer.

“Esse foi um verdadeiro calote aos cofres públicos do estado e, principalmente, aos sergipanos. Precisamos investigar o que de fato aconteceu e onde estão os cerca de R$ 5 milhões que ainda não foram devolvidos do montante pago pelo governador Belivaldo Chagas ao Consórcio Nordeste. Além desse caso queremos investigar diversas outras denúncias que chegaram até nós envolvendo hospitais de campanha, falta de leitos e de medicamentos, as filas de espera por UTIs, por exemplo, supostas irregularidades cometidas pelo Governo do Estado e pela Prefeitura de Aracaju, além de revelar quanto foi gasto e onde foram aplicados todos os recursos destinados a Sergipe para frear o vírus. Vamos fazer um verdadeiro pente fino”, revela Kitty.

Alvo de críticas desde o anúncio feito sobre a intenção de instaurar a CPI da Covid ainda no ano passado, a deputada Kitty Lima sempre defendeu e exigiu a transparência da aplicação dos recursos públicos por parte das gestões estadual e municipal, o que nunca ocorreu apesar das inúmeras tentativas por parte da parlamentar.

“Queremos entender o que o Governo do Estado fez e está fazendo no combate a Covid-19, estamos atrás de respostas, principalmente, para auxiliar os trabalhos de enfrentamento que ainda estão sendo feitos contra esse vírus. Faremos tudo com muito respeito e responsabilidade principalmente com as famílias das vítimas do vírus aqui em Sergipe, todos elas merecem essas respostas”, afirma Kitty.

 
Foto: Divulgação Ascom