A deputada estadual Goretti Reis (DEM), ocupou a tribuna durante o grande expediente para agradecer a todos pelo sucesso da audiência pública, sobre a mulher na política, realizado na manhã de ontem, 17, no plenário da Assembleia Legislativa.

A parlamentar agradeceu as participações das senadoras Maria do Carmo e Vanessa Grazziotin, responsáveis pela Frente Parlamentar Mista que tem levado para diversas parte do país a sensibilização do homem através do lançamento da campanha “Participação da Mulher nos Espaços do Poder – A reforma que o Brasil precisa”. “A participação de diversos representante de entidades, associações, vereadores de diversos municípios sergipanos faz com que entendamos que estamos no caminho certo”, ressaltou Goretti lembrando que o fato da participação em massa de mulheres com representatividade na audiência de ontem já é um começo para a mudança.

“Nosso objetivo é chamar a atenção para o crescimento desse movimento, porque com isso teremos maiores chances da aprovação da Proposta de Emenda Constitucional, PEC 98, que
contribui para a garantia e o aumento de vagas e cotas em eleições e partidos. É a PEC da Mulher que deve estar indo para votação no Congresso nos próximos dias. Precisamos sensibilizar nossos federais para essa aprovação que vai assegurar cadeiras femininas em todas as esferas políticas. Estamos em desvantagem porque dos 513 deputados federais, apenas 51 são mulheres, e estaduais são 1.059 com 117 mulheres”. Explicou Goretti Reis.

A deputada ressaltou que através de pesquisa foi detectado que o Brasil é o país com menor representatividade feminina na política. Por isso é necessária a aprovação da PEC da Mulher.

“Contamos aqui com as participações do prefeito João Alves, do presidente da Casa e deputado estadual Luciano Bispo (PMDB), das senadoras Maria do Carmo Alves (DEM-SE) e Vanessa Grazziotin (PC do B-AM), a coordenadora da Mulher do Tribunal, juíza Adelaide Oliveira, a vereadora Daniela Fortes, representando a Câmara Municipal de Aracaju, a coordenadora estadual dos Direitos Humanos de Sergipe, Edivaneide Lima, representando a secretária de Estado da Mulher, Marta Leão, a presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher da OAB/SE, Drª Adélia Moreira Pessoa e a integrante do Núcleo Especializado de Direito da Mulher que tem uma atuação expressiva nessa luta e a defensoria pública de Sergipe, Janara Pereira, como representantes de classes e entidades que atuam
insistentemente na busca de igualdades e avanços para a mulher.

Fonte: Ascom Parlamentar – Dep. Gortetti Reis (Cristina Rochadel)
Foto: César de Oliveira