Parlamentar defende criação de Conselho Tutelar do Idoso

Publicada: 13/09/2022 às 12:25

Por Aldaci de Souza – Agência de Notícias Alese

 O deputado Daniel Fortes (CIDADANIA), destacou na Sessão Plenária da Assembleia Legislativa de Sergipe, o estado de vulnerabilidade em que se encontram os idosos não somente em Sergipe, mas em todo o país. O parlamentar anunciou que vai propor a criação do Conselho Tutelar do Idoso. 

“Segundo estatísticas, 35% dos idosos moram sozinhos. Os filhos ingratos abandonam os seus pais, deixam à deriva, deixando os idosos que necessitam de carinho, apoio e aconchego, passando necessidades e abandonados. Eu creio que o estado de vulnerabilidade dessas pessoas idosas é tanto quanto uma criança. Só que a criança tem os conselhos tutelares que prestam atendimento”, ressalta.

Daniel Fortes acrescentou que seu discurso na tribuna da Alese, traz para a sociedade, a necessidade de criar o Conselho Tutelar do Idoso. “Vou preparar uma propositura nesse sentido, para que o Conselho Tutelar para o Idoso funcione nos mesmos moldes do que tem para atender as crianças e os adolescentes. A situação de violência contra idosos é maior, pois acrescenta-se à violência sexual e psicológica, a financeira, quando filhos ingratos tomam o cartão para ficar com o dinheiro, deixando os pais à míngua. E onde estão as autoridades que não tomam as devidas providências e deixam esses idosos sofrerem desamparados?”, indaga.

O parlamentar lamentou ainda que em Sergipe não existem asilos públicos suficientes para amparar os idosos abandonados. “E existe uma lista de espera muito grande nos asilos particulares e o que deveria era ter asilos públicos para atender a demanda muito grande desses idosos que estão morando sozinhos e desamparados. Precisamos realmente ver de que forma poderemos ajudá-los porque a estatística é muito preocupante”, observa.

Foto: Divulgação Senado

Outras notícias para você