Preocupada com a crescente violência em Sergipe, a deputada Estadual Maria Mendonça (PP) trouxe à tribuna da Casa Legislativa na tarde desta segunda-feira, 31,  dados reais divulgados pela mídia brasileira nesta  última sexta-feira, 28,  diante do resultado do Anuário Brasileiro de Segurança Pública, do Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

“Não tenho o mínimo prazer de vir a esse espaço para divulgar esses dados. Sergipe está no topo das capitais mais violentas do Brasil, com 57,3 mortes violentas intencionais a cada grupo de 100 mil pessoas, é o estado mais violento do Brasil, seguido por Alagoas (50,8 mortes para cada grupo de 100 mil) e o Rio Grande do Norte (48,6). Os estados que registraram as menores taxas de mortes violentas intencionais foram São Paulo (11,7 a cada 100 mil pessoas), Santa Catarina (14,3) e Roraima (18,2).

Para frisar o volume de mortos no Estado, a parlamentar citou nomes de algumas pessoas mortas em Aracaju e no interior do Estado, a exemplo da de Igor de Faro Franco- onde hoje será celebrada a missa de 7º dia do jovem  empresário e jornalista.

Em seguida, Maria Mendonça  exibiu uma reportagem  realizada pela Tv Sergipe, a qual narrava sobre as mortes no Estado. “Fiquei chocada com os índices em Sergipe, e  em nome da sociedade sergipana,  quero apelar para a sensibilidade do governador. Não temos prazer em ocupar esse espaço para falar sobre esse assunto. Mas peço ao governador, queira mudar essa realidade, aceite o desafio”, apela por providências ao governo, a parlamentar.

 

Por Agência de Notícias Alese

Foto: César de Oliveira