Por Aldaci de Souza

Comemora-se nesta segunda-feira, 19, o Dia do Índio. A deputada Maria Mendonça (PSDB) ressaltou que a data homenageia  os verdadeiros descobridores do Brasil.

“Os índios estavam aqui muito antes das nossas terras sonharem em ganhar o nome Brasil. A cultura indígena como toda outra, é rica, válida e importante, pois é uma das culturas mães do nosso país e devemos conservá-la como nosso patrimônio e lutar pela preservação”, destaca observando que não é só isso.

De acordo com Maria Mendonça, a data expressa a necessidade urgente de enxergar a população indígena e todos os seus  descendentes como cidadãos. “É preciso enxergar os indígenas como pessoas com liberdade para trilhar o seu próprio caminho”, entende.

Data Comemorativa

O Dia do Índio é celebrado no Brasil em 19 de abril. A data foi criada pelo presidente Getúlio Vargas, através do Decreto de Le nº 5.540/1943 em atedimento à uma proposta das lideranças indígenas do continente após  participação no Congresso Indigenista Interamericano, realizado no México.

Informações da Fundação Nacional do índio (FUNAI) são de que desde 1500 até a década de 1970 a população indígena brasileira decresceu acentuadamente e muitos povos foram extintos.  A partir de 1991, o Instituto Brasileiro de Georgrafia e Estatística (IBGE) incluiu os povos indpigenas no Censo Demográfico Nacional e com isso, o percentual em relação à população total brasileira saltou de 0,2% em 1991 para 0,4% em 2000, totalizando 734 mil pessoas e um aumento anual de 10,8% da população, a maior taxa de crescimento dentre todas as categorias, quando a média total de crescimento foi de 1,6%.

A Funai informa ainda que segundo dados do Censo Demográfico realizado pelo IBGE em 2010,  a população indígena no Brasil é de 817.963 indígenas. Desses, 502.783 vivem na zona rural e 315.180 habitam as zonas urbanas brasileiras.

Foto: Divulgação Ascom