Iran Barbosa lamenta a morte do ex-vice reitor da UFS, prof.dr. José Paulino

Publicada: 01/12/2022 às 11:21

Por Aldaci de Souza – Agência de Notícias Alese

Em depoimento na Sessão Plenária desta quinta-feira, 1º, o deputado Iran Barbosa (PSOL), lamentou a morte do ex-vice reitor da Universidade Federal de Sergipe (UFS), Professor Dr. José Paulino da Silva, 81 anos. 

“É mais uma perda para o cenário sergipano. Embora fosse pernambucano, o professor do Departamento de História da UFS, conquistou a Cidadania Sergipana em 1993 e deu uma grande contribuição acadêmica. Era defensor da escola pública; formado em Pedagogia e Filosofia, Mestre em Direito e Doutor em Filosofia em História da Educação. Tive a honra de na minha solenidade de formatura, ter a figura do professor Paulino apadrinhando a minha turma com todos os colegas”, ressalta.

José Paulino da Silva nasceu em 13 de outubro de 1941.

Iran Barbosa acrescentou que professor Paulino contribuiu muito na pesquisa histórica em Sergipe. “Lembro muito bem do projeto de resgate da memória histórica que ele ajudou a fazer: ‘Canudos, ontem e hoje’, que ajudou na formação que tenho sobre a importância de Canudos; foi pró-reitor de pesquisas e vice-reitor da Universidade Federal de Sergipe, por isso manifesto meu pesar pessoal e minha solidariedade aos familiares e a todos que tem nele uma grande referência”, observa.

 

Histórico

José Paulino da Silva é formado em Pedagogia e Filosofia, Mestre em Educação e Doutor em Filosofia e História da Educação. Nascido em Cachoeira do Taépe – Surubim Pernambuco, em 1942. Veio para Sergipe trabalhar na Universidade Federal, onde além de professor, coordenou o projeto de pesquisa : “Resgate da Memória Histórica: Canudos Ontem e Hoje”. Exerceu atividades administrativas tendo sido Pró-Reitor de Assuntos Estudantis, Pró-Reitor de Pesquisa e Vice Reitor. Em 1993, recebeu o título de cidadão sergipano. Tem trabalhos publicados nas áreas da Educação, Cultura Popular e História da Guerra de Canudos. Para ele , “uma educação de qualidade deve desenvolver sobretudo, o senso crítico e a solidariedade”.

 

 

 

Foto: Jadilson Simões