Por Aldaci de Souza

Em virtude da pandemia da Covid-19, a 6ª edição da Caminhada para Oxalá pela Liberdade Religiosa, vai acontecer de forma virtual no próximo dia 29 de janeiro. As edições anteriores reuniram centenas de pessoas pelas ruas centrais de Aracaju. 

O evento realizado pelo Fórum Sergipano das Religiões de Matriz Africana (FORSERMA) passou a fazer parte do calendário cultural e religioso do estado de Sergipe, após aprovação do  Projeto de Lei Ordinária nº 75/2018, de autoria da então deputada Ana Lúcia (PT). O objetivo é intensificar a luta contra a intolerância sofrida pelas religiões de matrizes africanas. 

Com o tema: “Intolerância Religiosa e a Criação do Laboratório de Filosofia das Experiências Religiosas na UFS”, a live terá início às 16h (www.facebook.com/ligia.borges.14@os_caatingas) e contará com o apoio da Assembleia Legislativa de Sergipe e da Escola do Legislativo João de Seixas Dória.

Participação

Babalawo Ivanir dos Santos, professor e Doutor em História Comparada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

Professor Doutor Romero Venâncio da Universidade Federal de Sergipe (UFS)

Babalaxé Fernando Aguiar, Doutor em Educação pelo Núcleo de Pós Graduação em Educação da Universidade Federal de Sergipe (UFS) e professor do departamento de museologia da UFS

Pastor Alexandre, Doutor pela Universidade Federal de Sergipe

Babalorixá Juracy de Arimatéia, Mestre em Ciência da Religião da Universidade Federal de Sergipe (UFS)

Babalorixá Márcio de Jagun, advogado e professor de Direito Portuário em pós-graduação da Universidade Gama filho (RJ) e Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

Foto: Divulgação Facebook FORSERMA