Curso oferecido pela Elese capacita jovens para entrevistas de emprego

Por Ethiene Ribeiro

Iniciou nesta terça-feira, 20, a oficina de iniciação teatral promovida pela Escola do Legislativo de Sergipe (Elese). Voltado à inclusão de jovens e adolescentes no mercado de trabalho, o curso faz parte do programa Aprendiz Integrado. Durante os encontros, que acontecerão às terças e quintas, das 14h às 18h, os alunos vão aprender a se posicionar, se expressar e desenvolver habilidades de comunicação para o mercado de trabalho.

De acordo com a coordenadora da Cia de Arte Alese, Mônica Moreira, muitas pessoas enfrentam dificuldades na busca por uma vaga de trabalho por não saberem se expressar ou por conta da timidez. Isso pode afetar o desempenho dos candidatos durante entrevistas de emprego. Nesse sentido, surgiu a ideia de realizar a oficina. Por meio das técnicas do teatro, o objetivo do curso é deixar os alunos menos inibidos e mais aptos para falar em público.

“Esse curso surge a partir de uma demanda da própria Escola do Legislativo com um grupo de adolescentes empreendedores. Percebe-se que eles têm uma certa dificuldade, um travamento, de inibição para ir para o mercado de trabalho, para fazer entrevistas, essas coisas todas. Então a ideia é que as técnicas de teatro e os exercícios teatrais venham a ajudar nesse destravamento, nesse diálogo, nessa coisa de se apresentar, de conversar com as pessoas”, relata a coordenadora da Cia de Arte Alese.

A instrutora Lidhiane Lima, atriz da Cia de Arte Alese, relata que ela começou a fazer teatro para aprender a falar em público e vencer a timidez, algo que atrapalhava o seu desempenho escolar, pois ela não conseguia fazer apresentações orais ou em grupo. Da mesma forma que o teatro a ajudou, Lidhiane acredita que a oficina de encenação vá contribuir positivamente para o futuro profissional dos jovens e adolescentes que participam do projeto.

“A gente quer, na verdade, preparar eles para o que eles vão enfrentar na vida adulta. Isso aconteceu com a gente, passamos por uma preparação a partir do momento que entramos num curso de teatro. Eu entrei em um curso de teatro por isso, eu era muito tímida, não fazia apresentação da sala de aula. Comecei a fazer teatro e isso me ajudou muito. E a gente quer fazer isso com eles, que eles se desenvolvam mais, aprendam se portar em público, na frente dos amigos”, complementou a atriz.

Oficina de teatro para professores

A Elese também realiza essa semana oficina com técnicas de teatro para professores que estão trabalhando no sistema remoto. De acordo com Eden Brisio, ator da Cia de Arte Alese, serão apresentados aos educadores conteúdos sobre iluminação, cenografia, posicionamento em vídeo, entre outros temas. Para o ator, essas técnicas vão auxiliar os profissionais da educação em suas práticas pedagógicas.

“A oficina trata de uma mostra de técnicas de atuação, melhoria física e ambiental e possibilidades de abordagens pedagógicas que visam otimizar o trabalho de professores que estão em homeoffice. Estaremos explicitando conteúdos como iluminação, cenografia, práticas corporais e posicionamento, saúde e segurança nesse tipo de trabalho. Um compilado de métodos que irão ajudar os profissionais do ensino a manter ou melhorar a qualidade e condições de trabalho”, finaliza o ator

 

Fotos: Izabela Mazza