Por Aldaci de Souza

A campanha Outubro Rosa desenvolvida pela Procuradoria Especial da Mulher da Assembleia Legislativa de Sergipe (Promualese), com a finalidade de alertar para a importância do diagnóstico precoce do câncer de mama, prossegue. Entre as ações, a arrecadação de lenços para serem entregues em instituições que atuam no apoio às mulheres acometidas pela doença, a realização de exames de mamografia no Centro de Atenção Integral à Saúde da Mulher (CAISM), além da iluminação do prédio da Alese com a cor que simboliza o movimento mundial; distribuição de laços e kits com uma bolsinha e máscara.

Fórum sobre diagnóstico precoce

As ações tiveram início no último dia 6 de outubro com a colocação de laços na porta dos gabinetes dos parlamentares e dos setores da Alese e prosseguem até o dia 27, quando serão contabilizados os lenços doados até esta segunda-feira, 25,  na Assembleia Legislativa de Sergipe e nos demais pontos a exemplo dos shopping-centers Riomar e Jardins, Ministério Público Estadual, Igreja Quadrangular e Igreja Verbo da Vida. 

Equipes da Promualese participaram durante a campanha, de outras ações como o Fórum: ” Estratégias de Detecção e Diagnóstico Precoce do Câncer de Mama e Sífilis”,  realizado no último dia 14 de outubro, junto com a Diretoria de Atenção e Saúde da Assembleia Legislativa, transmitido ao vivo pela TV Alese, canal 5.2, tendo como mediadoras as ginecologistas Carmem Luiza Leite e Julia Dias e como convidados, o ginecologista Mauro Romero Leal Passos e o ginecologista Maurício Resende.

Procuradora Goretti Reis foi homenageada por ações desenvolvidas

Também houve a participação da procuradoria no evento Ressignificando a Vida, realizado no último dia 16 de outubro na Orla de Atalaia através da Associação Resiliência Feminina, formado por mulheres que falam de vida após o diagnóstico do câncer de mama, quando a procuradora e deputada Goretti Reis (PSD) foi homenageada com a medalha “Corre por Elas”, pela luta em prol da saúde, dignidade e integridade das mulheres. E ainda, a participação na campanha desenvolvida pelo Centro de Atenção à Saúde de Sergipe (CASE).

De acordo com informações da Procuradoria Especial da Mulher, quanto aos exames específicos para a detecção do câncer de mama, foram encaminhadas 30 mulheres (servidoras e/ou dependentes de funcionários da Alese), ao Centro de Atenção Integral à Saúde da Mulher. 

Foto: Divulgação Promualese