Por Aldaci de Souza

Foi aprovada na sessão desta quarta-feira, 3, da Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese), a Indicação nº 02/2021 de autoria da deputada Kitty Lima (CIDADANIA) solicitando à Companhia e Saneamento de Sergipe (DESO), a regularização do abastecimento de água no município de Carira.

A propositura destaca que o problema da falta de água vem afetando tanto os moradores da cidade, quanto dos povoados. Com isso, solicita ao presidente da Deso, Carlos Melo, a regularização no abastecimento visando atender as necessidades da população que reside nas ruas: Mãe Carira, Graciliano José de Menezes, José Teodoro de Oliveira, Antônio José Bastos, Josefa Rosa de Souza, Luiz Matos e Judite de Almeida; nos Loteamentos Bela Vista e Massaranduba, além dos povoados Descoberto, Rua de Baixo, Matadouro Velho, Fazendinha, Vila Nova, Pedra Branca, Lagoa Verde e Povoado Bonfim.

“Os residentes nas ruas e povoados do município de Carira estão enfrentando um grave problema de parada de fornecimento de água por longos períodos que variam de 15 dias a até 2 meses. O ser humano para viver necessita de certas condições materiais mínimas, tais como: alimentação, moradia, vestuário, etc. Parte dessas necessidades imediatas são satisfeitas por meio da fruição dos serviços públicos essenciais, em especial, o fornecimento de água. Afinal não há esforço em reconhecer que as atividades higiênicas necessárias à manutenção da vida estão associadas à qualidade da água”, enfatiza a deputada.

Na justificativa, a Indicação destaca que o direito à água é considerado um direito fundamental porque corresponde às exigências mais elementares da dignidade humana (viver com saúde, higiene e boa qualidade de vida).

“Desse modo, concluímos que o fornecimento de água contínuo e seguro, contribui para que todos tenham uma vida digna, permitindo a existência do ser humano com saúde e boa qualidade de vida. Por tais razões a situação merece atenção imediata dessa Companhia a fim de regularizar o fornecimento de água nos locais mencionados”, entende Kitty Lima.

Foto: Divulgão Pixabay