Adailton Martins preocupado com trânsito na Barra dos Coqueiros

Publicada: 31/03/2022 às 10:23

15/3/2022

Por Aldaci de Souza/Alese

Na Sessão Plenária Mista da Assembleia Legislativa de Sergipe nesta terça-feira, 15, o deputado Adailton Martins (PSD) voltou a falar sobre a necessidade de melhorar a sinalização na rótula da Barra dos Coqueiros, devido aos engarrafamentos e acidentes.

“Tem muita gente evitando ir á Praia da Costa, justamente por causa desses engarrafamentos; sabemos que a região norte toda tem que passar pela Barra dos Coqueiros quando trafegam pela SE-100 e nesse local temos vários empreendimentos; muitas vezes acontecendo acidentes, ceifando algumas vidas”, lamenta Adailton Martins.

O deputado ressaltou que fez uma indicação solicitando ao governador Belivaldo Chagas, a construção de um viaduto, devido ao crescimento demográfico da Barra dos Coqueiros. “Acredito que seria viável um viaduto na rota e também fizemos uma indicação solicitando um estudo de viabilidade da construção de um viaduto ligando a Coroa do Meio à Barra, por ser necessário, pois quando foi feita a ponte Construtor João Alves, o objetivo era ligar Aracaju ao litoral norte. Não esperávamos todo esse crescimento imobiliário no município. Hoje está difícil trafegar”, entende.

Servidores

Também na sessão desta terça-feira, foi aprovada a Indicação Nº 165/2022 de autoria do deputado Adailton Martins, solicitando ao governador que conceda a possibilidade de os servidores públicos estaduais que não aderiram ao Plano de Cargos Carreira e Vencimentos (PCCV) da Lei Nº 7.820/2014, tenham a oportunidade de um novo prazo para a adesão. A Lei institui o Plano de Cargos, Carreira e Vencimentos para os Servidores Públicos Civis da Administração Geral e define a política da administração estadual. 

Nesse sentido, foram criadas normas que disciplinam as atribuições e atividades dos cargos públicos, como também, critérios de vencimentos, progressão funcional e forma de desenvolvimento do servidor público dentro da estrutura organizacional, dos que estejam vinculados a respectiva Lei. 

“Nesse sentido, aqueles servidores que a época da instituição do PCCV se manifestaram em permanecer no regime anterior, não serão beneficiados com os aumentos salariais concedidos aqueles servidores. Apresentamos a presente Indicação no sentido de que seja estudado a possibilidade de conceder um novo prazo para requerer a adesão daqueles servidores que a época decidiram manifestar-se pela permanência no regime de cargos e salários anterior”, explica o parlamentar.

Foto: Joel Luiz

Outras notícias para você