Destaques

Destaques

  • 11/3/2022 Por Kelly Monique Oliveira Março é o [...]

    Ler
  • 8/2/2022 De acordo com informações médicas do Dr. [...]

    Ler
  • Por Assessoria Parlamentar A deputada Diná Almeida teve [...]

    Ler
  • Por Aldaci de Souza Mais um grupo de [...]

    Ler

Notícias

Mais notícias
  • ‘Março Azul Petróleo’ é dedicado à prevenção ao Câncer de Colo Uterino

    11/3/2022

    Por Kelly […]

    altor
    11 de março, 2022
  • Presidente Luciano Bispo passa bem após cirurgia em São Paulo

    8/2/2022

    De acordo com informações médicas do Dr. Eduardo Vellutini, a cirurgia do presidente licenciado […]

    altor
    08 de fevereiro, 2022
  • Diná Almeida tem novas Indicações aprovadas em prol de ciclistas, rodovias e Saúde

    Por Assessoria Parlamentar A deputada Diná Almeida teve três Indicações aprovadas em sessão plenária nesta quinta-feira, 15.  Uma delas, atendendo ao pleito do vereador do [...]

    autor
    16 de julho, 2021
  • Iran denuncia problemas no Ipesaúde em Estância e requer ouvida do seu diretor-presidente

    Por Assessoria Parlamentar O deputado estadual Iran Barbosa, do PT, aproveitou a sessão mista desta terça-feira, 13, da Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese) para denunciar [...]

    autor
    13 de julho, 2021
  • Secretária da Saúde presta contas da pasta na Alese

    Por Stephanie Macêdo Na manhã desta quinta-feira (1), a secretária de Estado da Saúde (SES), Mércia Simone Feitosa, esteve no plenário da Assembleia Legislativa de [...]

    autor
    01 de julho, 2021

Covid em Sergipe

Casos

Vacinação

Legislação Estadual

Transparência

O Comitê Administrativo de Enfrentamento do COVID-19 (novo coronavírus) – CAE/COVID-19, foi constituído (Ato da Presidência nº 18.950/20) com a necessidade de definir medidas de enfrentamento e prevenção à epidemia causada pelo COVID-19, no âmbito do Poder Legislativo, adota procedimentos e regras próprias para fins de prevenção à infecção e à propagação do novo coronavírus, assegurando proteção aos cidadãos, servidores e parlamentares que frequentam suas dependências.

Confira na página Contratos as medidas adotadas pela Assembleia Legislativa:

Acessar

Assista

Mais vídeos

Participe

doe sangue Doe Sangue

Doar sangue é um ato de solidariedade, um exercício de generosidade que todos nós devemos praticar.
E é mais simples do que você imagina.

Requisitos para doação

Ter entre 16 e 69 anos de idade;
Pesar acima de 50kg;
Apresentar documento com foto, válido em todo território nacional.

 

Recomendações

Não estar em jejum;
Repouso mínimo de 6 horas na noite anterior à doação;
Não ingerir bebida alcoólica nas 12 horas anteriores;
Evitar fumar por pelo menos 2 horas antes da doação;
Evitar alimentos gordurosos nas 3 horas antecedentes à doação.

 

Quem não pode doar?

Pessoas com diagnóstico de hepatite após 11 anos de idade;
Mulheres grávidas ou amamentando;
Pessoas expostas a doenças transmissíveis pelo sangue;
Usuários de drogas;
Pessoas que fizeram tatuagem ou piercing nos últimos 10 meses, em locais não controlados pela Vigilância Sanitária;
Pessoas que se relacionaram sexualmente com parceiro desconhecido ou eventual, sem uso de preservativo, nos últimos 12 meses

 

Intervalo mínimo

– Homens:  2 meses (até quatro doações no período de um ano).
– Mulheres: 3 meses (até três doações no período de um ano).

 

Onde doar?

HEMOSE

Centro de Hemoterapia de Sergipe

R. Quinze, s/n – Capucho, Aracaju – SE

(79) 3225-8000

De segunda à sexta-feira:
     7:30h às 17h.

Instituto de Hematologia
e Hemoterapia de Sergipe  

Rua Guilhermino Rezende, 187, Bairro
    São José, Aracaju – SE

(79) 3302-7621

De segunda à quinta-feira: 7h às 17h
     Sexta-feira: 7h às 16h
     Sábado: 8h às 12h

Direitos do doador de sangue

– O servidor público estadual tem direito ao abono de uma falta a cada doação (Lei nº 1844/1974).

– O doador de sangue tem direito à isenção da taxa de inscrição em concurso público promovido pelo estado – no mínimo duas doações no período de um ano e a última deve ser seis meses antes da inscrição (Lei nº 4087/1999).

– O empregado poderá deixar de comparecer ao serviço sem prejuízo do salário por um dia, em cada 12 (doze) meses de trabalho, em caso de doação voluntária de sangue devidamente comprovada (CLT, Art. 473 – IV).

Para doar sangue, as
pessoas vacinadas devem
esperar para realizar
a doação:

Coronavac: após 48h
Astrazeneca: após 7 dias
Vacina da Gripe (Influenza): após 48h

Cuidados em relação
à Covid 19:

A pessoa infectada somente poderá doar sangue 30 dias
após a completa recuperação.