Na última quinta-feira, 16, o deputado Gilson Andrade (PTC) recebeu em seu gabinete o vereador Lucas Aribé (PSB), que veio falar sobre as comemorações alusivas ao Dia Nacional e Municipal de Luta da Pessoa com Deficiência, este último, instituído pelo vereador a partir da Lei 4.444/2013, e que neste ano, através do Projeto Aracaju Acessível apresenta toda uma programação voltada a data, que acontece no período de 20 a 27 de setembro cujo tema é “Trabalho como instrumento de transformação social”.

“A programação que trazemos referente ao Dia Nacional e Municipal de Luta da Pessoa com Deficiência tem a importância de reforçar na sociedade aracajuana a data e as lutas das pessoas com deficiência por cidadania, acessibilidade, oportunidades e pelo respeito dos seus direitos. Desta forma, vamos abordar o trabalho, a inserção, a Lei que estabelece e a cota mínima para empresas, a questão do preconceito e discriminação da pessoa com deficiência no ambiente de trabalho, a acessibilidade para que ela exerça seu papel como profissional, enfim, tudo que envolve o tema pensando na necessidade de haver uma transformação social e a mudança de paradigma. O deputado Gilson Andrade é sempre um parceiro nosso e é um parlamentar atento as questões relativas a pessoa com deficiência. Não tenho dúvidas que neste ano faremos uma parceria importante”, destacou o vereador Lucas Aribé.

O deputado Gilson Andrade considera que a iniciativa do vereador Lucas Aribé demonstra sensibilidade e atenção para uma parcela da população que não tem os seus direitos respeitados na sociedade e se coloca à disposição para contribuir com a realização do evento. “Acho de extrema importância a inserção da pessoa com deficiência no mercado de trabalho e que sejam cumpridas e respeitadas as garantias legais de acesso delas. É necessário que a sociedade tenha o olhar igualitário a respeito da inclusão gerando, também, oportunidades. Somos solidários e da mesma forma abraçamos esta causa em prol de uma cidade sem barreiras para estas pessoas e que também seja garantida a acessibilidade e autonomia delas”, salientou.

Por Ascom parlamentar dep. Gilson Andrade (Autimira Menezes)