Após o governador Belivaldo Chagas anunciar o fechamento administrativo do Palácio de Veraneio visando a contenção de despesas, o deputado estadual Georgeo Passos, Rede, sugeriu mais uma opção para o gestor economizar: abrir mão da aposentadoria de ex-governador que ele terá direito.

A sugestão foi feita durante o grande expediente da sessão plenária desta quarta-feira, 25. O parlamentar, que é autor de uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que pretende extinguir as pensões de ex-governadores de Sergipe, afirmou que essa medida mostraria que Belivaldo realmente está preocupado reduzir despesas do Estado.

A palavra de ordem agora é economia — medida acertada para o momento em que vivemos. Mas se é para economizar, se ele está com essa boa vontade, por que não acabar com a aposentadoria de ex-governadores, começando pela dele? Quando Belivaldo sair do cargo vai receber uma aposentadoria de R$ 30 mil sem ter contribuído para a Previdência Estadual, isso dá R$ 360 mil por ano”, argumentou.

A PEC 01/2017 foi protocolada por Georgeo no final do ano passado e ainda aguarda andamento na Assembleia Legislativa. O parlamentar defendeu que, caso o projeto não prossiga, que o Poder Executivo encaminhe uma proposta semelhante para a Casa. “Isso demonstraria que ele quer mesmo economizar”, assegurou.

Sergipe é um dos poucos Estados do Brasil que mantêm essa regalia. Jackson Barreto, que abdicou do Governo no mês passado, em breve já receberá sua primeira parcela da aposentadoria. É um tema que precisa ser pautado e é onde Belivaldo vai provar que quer mesmo cortar despesas e ajudar as contas do Governo”, finalizou Georgeo.

Por Ascom Parlamentar